Após greve, Alckmin planeja privatizar gestão da linha 2 (verde) do Metrô

As obras de expansão da linha 2 (verde), com a inclusão de 13 novas estações rumo à Zona Leste, têm sido postergadas desde 2015. Ainda este ano, em janeiro, a gestão adiou a fase inicial das construções para dezembro.

Entretanto, o secretário de Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, confirmou ontem (15) os planos para privatizar a gestão (por meio de concessão) da linha. “Acertando as linhas 6-laranja e 17-ouro, além da linha 18-bronze, a linha 2 tem projeto pronto, algumas desapropriações já executadas. Então acho que pode ser”, afirmou.

As obras realizadas por meio de parcerias privadas se repetem em outras linhas do metrô de São Paulo. Atualmente, as obras de expansão da linha 5-lilás, que hoje funciona entre Capão Redondo e Adolfo Pinheiro, devem entregar mais nove estações no segundo semestre de 2017, inclusive a conexão com a linha 1-azul do metrô, em Santa Cruz.

VIAFolha
SHARE
Camilo Caetano
Cursou Ciência da Computação pela Unesp.

1 COMMENT

  1. Quando eu estiver com 90 anos as obras de expansão da linha verde estarão completas.

LEAVE A REPLY