Argentina: aliados de Cristina Kirchner aparecem contando milhões de dólares e são presos

O empresário argentino Lázaro Báez, próximo da ex-presidente socialista Cristina Kirchner, foi preso hoje ao aterrissar na Argentina. O empresário é investigado por ser parte de uma rede de lavagem de dinheiro. Lázaro é um dos principais empreiteiros de obras estatais na província argentina de Santa Cruz, todas obtidas durante os governos Kirchner.

A investigação começou em 2013 quando o doleiro Federico Elaskar confessou à imprensa argentina que ajudou políticos e empresários corporativistas a tirar 55 milhões de euros da Argentina. O caso voltou a tona recentemente no país quando diversas televisões divulgaram um vídeo feito em uma casa de câmbio em 2012, onde diversas pessoas aparecem contando milhões de dólares em dinheiro vivo, incluindo Martin Báez, filho de Lázaro:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here