Circulação dos principais jornais do país despenca 15% em um ano

A circulação dos cinco maiores jornais do país despencou em um ano. De acordo com o Instituto Verificador de Comunicação (IVC), que inclui edições impressas e assinaturas digitais, a circulação da Folha, maior jornal do país, caiu da média diária de 352.925 exemplares no primeiro semestre de 2015 para 304.594 exemplares no primeiro semestre de 2016.

Na vice-liderança, O Globo teve circulação média de 291.909 exemplares no primeiro semestre de 2016 contra 317.954 no mesmo período de 2015. O terceiro colocado, Super Notícia, recuou de 310.422 exemplares diários no ano passado para 267.234 neste ano. O Estadão (de 247.605 para 210.314 exemplares) e o Zero Hora (de 234.911 para 214.950) também tiveram quedas expressivas. Em todos os casos, a diminuição na circulação variou de 8% (O Globo e Zero Hora) a 15% (Folha, Estadão e Super Notícia).

1 COMENTÁRIO

  1. Penso que a queda na tiragem destes jornais se deve a que os assinantes estão percebendo a desonestidade de seus jornalistas e vendo que não vale a pena pagar para serem enganados. Além do péssimo nível jornalístico, ninguém suporta mais o lixo dos artigos esquerdistas sempre presentes nestes jornais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here