Concorrente do Uber oferece corridas gratuitas hoje

Para enfrentar a concorrência em um mercado de aplicativos de transporte cada vez mais livre, o Easy Go, serviço similar ao Uber e ligado ao aplicativo Easy, oferece serviços gratuitos na cidade de São Paulo hoje (3), até às 23h59, com corridas até 25 reais sem custos aos passageiros e sem limite de número por usuário. Os custos da “gratuidade”, obviamente, serão arcados pela Easy.

Para participar, basta inserir o código “EasyGoDay” no campo “Pagamento e Promoção” do aplicativo. Caso o valor ultrapasse 25 reais, o usuário recebe um desconto neste valor, desde que o serviço seja pago com cartão de crédito. O Easy Go é o novo serviço de transporte da Easy, ex-“Easy Taxi”.

 

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

5 COMENTÁRIOS

  1. Creio que o idealizador dessa promoção esteja muito bem financeiramente, e não está se dando conta que vários pais de famílias,d deixaram de levar seu pão pra casa, isso só demonstra o quanto esse país em que vivemos é injusto, mais parabéns para o idealizador, ninguém precisa mais de táxi, cursos taxas e tudo mais jogado no lixo, afinal agora só precisa ter carro e pagar a porcentagem do aplicativo, não interessa se quem vai levar o passageiro tem más intenções, estou na torcida pra que nada de mal aconteça a ninguém.

    • Quem paga a conta é a empresa. Os motoristas receberam pelas corridas normalmente.
      No mais, tem que jogar taxas e burocracia no lixo mesmo, precisamos é de livre mercado.

    • Vagner você provável apostou tudo numa autonomia e quer que, com perdão da palavra “se dane”, quem precise trabalhar, competir no MERCADO pra sobreviver, porque o seu até então já “estava” garantido por um processo burocrático complemente (agora usando o seu mesmo argumento) INJUSTO.

    • Essas empresas checam os antecedentes criminais dos motoristas. Desde que o Uber começou a operar aqui em Porto Alegre já foram demitidos muitos motoristas de táxi, por possuírem antecedentes criminais, inclusive por estupro, isso nunca aconteceria com o Uber ou Easy, pois eles nem seriam contratados. Além disso, eles precisam manter uma média super alta na avaliação dos usuários, se não são cortados do aplicativo, assim como os usuários, é segurança para os dois lados, motorista e passageiro. E a única coisa de “ilegal” que tem é que eles não pagam uma taxa para a prefeitura (que aliás, é repassada para os passageiros de táxi), porque de resto, e infelizmente, todos os impostos são pagos para operar no Brasil, inclusive os abusivamente cobrados para comprar um carro, coisa que motoristas de táxi não pagam, ou pelo menos ganham um grande desconto. Sem mencionar que se não fosse por esses aplicativos, quantos mais brasileiros estariam desempregados? Esses mesmos pais de família que você mencionou?

    • “[…] não interessa se quem vai levar o passageiro tem más intenções”
      Ja fui mal atendido e em condições horriveis em taxi mais de 10 vezes, pelo que eu lembro agora. Na uber, as unicas coisas que me incomodaram uma ou outra vez foram casos de caso ruinzinho (não em mal estado, mas carro ultrapassado, tipo gol, etc, em comparação com civic, cobalt…) e vez ou outra algum motorista errar a rota (sem querer, por não conhecer muito bem).
      É meu amigo, que se fodam os que trazem um serviço ruim, e os que são bons, que migrem pras atuais plataformas. 🙂

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here