Deputada cearense quer censurar e multar pessoas que ironizem religiōes

Uma proposta da deputada estadual do Ceará e também pastora Dra. Silvana (PMDB) prevê pesadas multas e até a impossibilidade de realizar eventos por cinco anos para manifestações artísticas que promovam a “satirização, ridicularização ou toda e qualquer forma de menosprezar dogmas e crenças de toda e qualquer religião”. Entre as punições previstas, está multa de até 100 mil UFIR-CE – valor hoje próximo a R$ 370 mil.

O projeto, que ainda tramita na Assembleia, inclui entre manifestações vedadas “encenações pejorativas, teatrais ou não, que façam menção a atributo ou objeto ligado a qualquer religião”. Estariam “banidas” ainda até mesmo charges humorísticas  que satirizem a crença alheia.

A justificativa da deputada pastora é que todos devem respeitar a religião alheia. A “nobre” deputada esquece que a liberdade de expressão é principio básico de uma sociedade livre.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

7 COMENTÁRIOS

  1. Esta lei já existe..o que está querendo fazer a pastora é censurar todos aqueles que criticam religião. Daqui a pouco não será mais possível criticar, por exemplo, a isenção de imposto de uma igreja, porque será considerado como uma ofensa a cristo. Não gostar de pregações no ônibus poderia ser crime hediondo, qualificado, em quanto ateu. Os portas dos fundos vão ser condenados a prisão perpétua, youtube censurado e os videos blasfemos removidos. Se couchilar no teclado, em uma pagina de facebook evangelica, e sem querer vai teclar o emoji do satanai, o dia seguinte vai receber a policia na sua porta, e levar uma multa di 370.000 reais. Por isso tem que vender a casa e logo se suicidar para pagar o resto das dívidas. Esta deputada ta super certa e competente…vocês acharam que chegou até ai porque não merece??

  2. Quer criticar religião tudo bem, mas enfiar crucifixo no cu, quebrar imagens de religião afro e tbm católicas tinham que receber multas pesadas pro povo respeitar.

  3. Concordo com ela!!

    Enfiar crucifixo no furebis, e ficar impune, não tem nada de ‘liberdade de expressão’!

    Da mesma forma, dos gays na parada, vestidos com os santos da igreja católica, agindo com sarcasmo, em relação a fé alheia!

    Isso é desrespeito e libertinagem!
    Não tem nada haver com liberdade de expressão!!

      • 😮

        Mesmo assim não concordo, que isso não dê em nada!

        Imagina, se um comunista mobilize um grupo ‘social’, como o MST, pra invadir as nossas casas, pra roubar nosso bens, roubar o dinheiro do caixa da nossa empresa…

        Eu não concordo com isso, e então, eles que defendem a coletivização geral, e ‘uma boa bala, um bom paredão, e uma boa cova”, como defendeu um comunista num evento outro dia, poderia ser considerado cerceamento a liberdade de expressao deles?
        E caso eu queira uma lei, que os proíba de expressarem essas coisas, que eu não concordo, como incitação ao ódio, e coisa e tal ?

        Tudo tem limite pô !!!! Até essa tal ‘liberdade de expressão’, que ataca diretamente, todos os religiosos, que tem respeito por um símbolo de fé!

        Se me ataca diretamente, na minha cidadania, no meu DIREITO, então não poderia nem ser considerado liberdade, mas, como disse, libertinagem!

        Imaginou, se eu fosse me vestir como um transexual, e saísse fazendo piadinha desrespeitosa sobre os LGBT, sobre a escolha deles… CLARO, que alguém iria repudiar o que para ‘quem praticou’, foi considerada uma simples ‘sátira, uma ironia, e como tu diz, uma forma de expressão!

        #Liberdade #Debater #civilizadamente
        #Responsabilidade #Respeito #UP

      • CLARO, não quis com meu comentário, defender a censura, até porque, eu não seria um liberal, se concordasse com censura…

        O que quis expor foi, que, se o cidadão falar besteira, tem que tá preparado para sofrer as consequências!
        E, atacar maldosamente um símbolo de fé, como uma imagem, uma religião, ou igreja especifica, não tem nada de legal e belo, e acho que demonstra mesmo, é a falta de bom senso de quem o faz.

        Pelo menos, publicamente!

        Como por exemplo: Se eu sou racista, eu posso muito bem xingar uma pessoa de algo ofensivo, que seria até considerado liberdade e expressão… Sò que, isso não convém! Mesmo que seja um direito meu(usar da minha liberdade de exprimir o que penso) de poder fazê-lo.

        PODER, PODE! Só que não convém!!

        • Claro que pode e deve ter consequências. Mas elas não devem vir por meio da ação coercitiva do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here