Governo é massacrado na Câmara, impeachment de Dilma é aprovado e agora segue para o Senado

O processo de impeachment foi aprovado por larga margem na Câmara dos Deputados e agora segue para o Senado, onde deve ter o processo primeiramente aberto com maioria simples para afastar a presidente Dilma Rousseff do poder por 180 dias e posteriormente será julgado pelo Senado com a presidência de Ricardo Lewandowski, presidente do STF, para finalmente afastar Dilma do poder definitivamente.

A votação necessária para aprovar o processo de impeachment na Câmara dos Deputados foi atingida às 23:07, quando 342 deputados votaram a favor da aceitação do processo de impeachment – o voto 342 foi do deputado Bruno Araujo, do PSDB-PE – e 135 contra o processo.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here