Record critica pedofilia nas “artes”, Rede Globo e artistas do “342artes” (veja)

4
Compre frações de Bitcoins na Foxbit

Em matéria que foi ao ar neste domingo (15) no “Domingo Espetacular”, a Rede Record fez duras críticas à exposição Queermuseu (Santander Cultural) e à performance “La Bête” (MAM-SP) – onde uma criança de cinco anos toca um homem nu com o incentivo da mãe – por incentivo à pedofilia.

A matéria ouviu diversos especialistas, incluindo dois liberais – Joel Pinheiro e Leandro Narloch – e atacou a matéria do Fantástico da Rede Globo onde as críticas às exposições foram consideradas “intolerância”. O canal paulista também criticou o “342 artes”, grupo de artistas de esquerda que realiza uma campanha “contra a censura” enquanto se cala em relação à pedofilia, incluindo a de seu líder, Caetano Veloso. Confira:

COMPARTILHAR
Marcelo Faria
Presidente do ILISP e empreendedor.

4 COMENTÁRIOS

  1. Claramente se vê o quanto o entendimento desses defensores estão cegos, não há sentido em defender o indefensável. Os adultos com identidades deturpadas hoje ,se formos a raiz do problema , claramente descobrimos a real situação deles quando criança. Uma identidade deturpada na infância mostra quem são os “adultos” politicamente corretos e liberais hoje em dia.

  2. Imagino o conflito interno no Paulo Henrique Amorim. Feliz por falar mal da Globo, mas talvez irritado por falar mal da extrema-esquerda.

    • kkkkkkkkkkk Bem lembrado. Mas no final é sempre o bolso que importa, estes esquerdistas regressistas só são esquerdistas por dinheiro, duvido que passem fome por sua ideologia insana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Insira seu nome