Sem usar a Lei Rouanet, animação capta dinheiro privado pela internet

A produtora Filmes de Papel, do diretor Alê Abreu criou um financiamento privado para o  filme ” O Menino e o Mundo”. O objetivo é arrecadar R$!00 mil reais para investir no envio de DVDs e sessões especiais nos EUA, sem o uso da Lei Rounet.  Quem doar dinheiro para o projeto recebe recompensas como DVDs, agradecimentos na página do filme no Facebook, bonequinhos e cartões postais.

Através desse financiamento Alê Abreu quer que seu filme tenha mais chance de vencer o Oscar 2016 na categoria de Melhor Animação. A arrecadação até agora já passou dos R$100 mil no site www.catarse.me/meninonooscar, mas ainda possui 20 dias para que o financiamento termine.

Gostaríamos de parabenizar Alê Abreu pela iniciativa de fugir da Lei Rouanet. Boa sorte no Oscar 2016!

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here