DOE

‘Japonês da Federal’ é condenado pelo STJ por ajudar os pobres a comprar mais barato

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou parcialmente o recurso do agente da Polícia Federal no Paraná Newton Ishii e manteve a sentença da Justiça Federal no Paraná que o condenou por corrupção e descaminho, por ter facilitado a entrada no Brasil de produtos contrabandeados do Paraguai.

O ‘Japonês da Federal’ pode até ser considerado criminoso pelas leis vigentes no país por facilitar medidas que burlam o roubo estatal (cobrança de impostos). Mas ao prejudicar o estado,  ele ajuda os mais pobres por permitir a compra mais barata de produtos estrangeiros sem tributação.

O Brasil é um dos países que mais cobra taxa de importação do mundo, e sem agentes como esse, os pobres jamais poderiam comprar Smartphones e outros aparelhos eletrônicos que são constantemente importados ilegalmente pela fronteira do Paraguai. E a solução não é prender ou condenar agentes, mas acabar de vez com as tarifas de produtos importados como tem feito o Chile, que zerou a taxa de importação com vários países através de muitos acordos de livre comércio e ainda tem planos para eliminar a taxa para países que estão fora de acordos comerciais.

Veja como a Inglaterra acabou com os contrabandistas:

https://www.facebook.com/institutoliberaldesaopaulo/videos/2030875413804601/

Está gostando do conteúdo? COMPARTILHE!

Mais Recentes

Liberdade para Trabalhar avança em Anápolis-GO com 297 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Ranking mundial da Forbes reconhece o ILISP como um dos think tanks com maior alcance nas redes sociais
Dois artigos publicados na Revista Forbes...
Liberdade para Trabalhar avança em Nova Friburgo-RJ com 289 atividades liberadas de alvará
Lançado no dia 29 de junho...
Projeto Liberdade para Trabalhar é lançado em Sergipe
Lançado nacionalmente no dia 29 de...
Liberdade para Trabalhar: Boa Vista-RR dispensa 297 atividades da necessidade de alvará
Lançado no dia 29 de junho,...
Em evento no Senado, ILISP lança o Mapa da Liberdade para Trabalhar
Um pequeno empreendedor que tirou a...

Leia Sempre Primeiro

Cadastre-se na nossa Newsletter e receba sempre em Primeira Mão!