Apoiador dos “sem-teto”, Caetano Veloso possui R$ 60 milhões em imóveis

13

O músico Caetano Veloso se apresentou neste domingo (10), em São Paulo, em prol do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto), grupo socialista que invade propriedades privadas e queima pneus nas rodovias para combater o capitalismo.

O show aconteceu após a justiça impedir uma apresentação de Caetano em uma grande invasão feita pelo MTST na cidade de São Bernardo do Campo, no Grande ABC paulista, em outubro.

Ironicamente, Caetano Veloso é o exato oposto de um sem-teto. O músico e sua esposa, Paula Lavigne, moram no segundo apartamento mais caro do Brasil, localizado no Edifício JK, na orla da Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro – RJ, avaliado em R$ 27 milhões. O casal também possui um apartamento na East Village, em Nova Iorque, avaliado em R$ 33 milhões; além de uma fazenda na Serra da Mantiqueira (“Mainha’s Farm”, de acordo com Paula), em Minas Gerais, com valor desconhecido. Nenhum dos imóveis foi socializado em prol dos “sem-teto” até o momento.

Parte da fortuna de Caetano Veloso veio dos pagadores de impostos brasileiros. Em 2009, o artista baiano recebeu R$ 800 mil por meio da Lei Rouanet para realizar um tour por 22 capitais brasileiras.

Edifício JK: apartamento onde Caetano Veloso mora é o segundo mais caro do Brasil
COMPARTILHAR
Marcelo Faria
Presidente do ILISP e empreendedor.

13 COMENTÁRIOS

  1. Caetano tem uma obra inquestionável, mas como todo compositor, ele trabalha praticamente na seara da criatividade dando vida verbalizada em palavras e ideias. Só isso. Na realidade ele precisa mesmo se manifestar de uma forma veemente para que seja lembrado como alguém que fez jus a uma história que diz ter vivido durante o regime militar. Entretanto isso já era esquecido e aqueles aos quais ele depositou toda sua esperança de representar algo melhor em relação ao que existira (regime militar), na verdade se mostram incapacitados para fazerem a tão proclamada justiça social que ele bradava naquela época. Por isto, envergonhado, resolveu militar numa causa em favor dos mais vulneráveis, negando a si mesmo o grande potencial capitalista que carrega na sua história que não é nada socialista ou de ideal parecido. Usando este povo pobre, mataria duas cobras com uma só paulada. Ou seja, faria papel de defensor dos direitos dos menos favorecidos e tentaria conclamar a população para trazer ao trono novamente o corrupto chamado lula que lhe presenteava com a lei rouanet, donde ele acrescentava à sua fortuna uma soma significante. Um golpe de mestre!

  2. É muita gente metida a opinar sem conhecimento de causa. O políticos estão delapidando o país enquanto os menos informados mira nos poucos artistas verdadeiros deste país

  3. Hoje em qualquer celular você baixa um app de rádios e tem acesso a milhares de estações em qualquer lugar do mundo. Como nosso país ė atrasado e como tem polïtivos atrasados ! É como nós brasileiros somos burros em deixarmos que eles disperdiçar nossos impostos em asneiras.

  4. Hipocrisia, contradição, egoismo, futilidade e desonestidade é o que realmente expõem e são estes artistas que se tivessem um mínimo de dignidade e responsabilidade não se permitiriam usar suas famas para manipular opinião pública.
    O trabalhador sabe muito bem o que é melhor para ele, não precisa de pessoas que não se submetem às regras, que são desconectadas da realidade, e ganham muito para fazer pouco dizem a elas o que é certo ou errado, o que é cultura, como educar seus filhos, etc

  5. A hipocrisia socialista/comunista/new left não conhece limites. São tão gananciosos quanto qualquer capitalista insaciável.

  6. Usando um verso do próprio Caetano: “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”.
    Certamente ele conhece as “delícias” de ser um artista famoso e muito rico, mas duvido que saiba quais são as dores dos pobres coitados que ele e o Sr. Boulos usam como massa de manobra…

  7. Esquerdinha sendo esquerdinha.

    Socialismo é lindo. Para os outros. Para eles as delícias e prazeres que só o capitalismo pode proporcionar.

    #AEsquerdaFede

  8. Como diria o Roberto Campos: “É divertidíssima a esquizofrenia de nossos artistas e intelectuais de esquerda: admiram o socialismo de Fidel Castro, mas adoram também três coisas que só o capitalismo sabe dar – bons cachês em moeda forte, ausência de censura e consumismo burguês”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Insira seu nome