Após medidas liberais de Macri, empresas correm para investir na Argentina

Após as medidas liberais tomadas pelo governo Macri nos últimos dois meses, empresas do Japão, China, Coreia do Sul, Austrália e França iniciaram uma corrida para investir na Argentina, especialmente para explorar o lítio, uma matéria-prima essencial para fabricar baterias de celulares, automóveis elétricos e aparelhos eletrônicos. O interesse aumentou após Macri aumentar a abertura comercial do país e eliminar os impostos sobre exportações de minérios.

A sul-coreana Posco planeja investir milhões de dólares na província de Salta por 10 anos a fim de extrair 40 mil toneladas de lítio. O Orocobre, controlada por japoneses e australianos, também pretende investir na produção de lítio na província de Jujuy. A visita do presidente francês esta semana, Francoise Hollande, incluiu uma comitiva do grupo francês Eramet, o qual pretende investir 260 milhões de dólares em um projeto de lítio. O interesse na Argentina também é impulsionado pelos estados da Bolívia – que possui uma política nacionalista imposta pelo socialista Evo Morales – e pelo Chile – igualmente nacionalista após a eleição da também socialista Michele Bachelet – o que torna a Argentina o destino ideal de investimentos no setor.

Segundo estimativas da Secretaria de Mineração, a Argentina possui mais de 128 milhões de toneladas de carbonato de lítio. Para se ter uma ideia do tamanho desse estoque, apenas a produção japonesa na Argentina seria suficiente para suprir quase toda a demanda da indústria japonesa por baterias de lítio para celulares e automóveis.

Com informações do La Nación

3 COMENTÁRIOS

  1. Pois é Thi, mas economia é como agricultura, primeiro você planta, depois você colhe. Infelizmente quem colheu o que fizeram no Brasil nos anos 90 foi o Lula, que preferiu dar esmola pro povo ao invés de investir em infraestrutura no país. Agora acabou a bonança e estamos nessa situação graças ao que o PT fez.

  2. O povo esta passando fome por conta da mula anterior, o que o Macri fara nos veremos nos proximos anos. O que o lula fez estamos vendo agora.

  3. Hahahahhaha grande bosta! E o povo passando fone igualzinho aos anos 90 aqui no Brasél

Comments are closed.