Após socialismo falir o país, Maduro implora por investimento de empresas estrangeiras

O ditador socialista da Venezuela, Nicolás Maduro, implorou na última sexta-feira (24) às empresas estrangeiras para que invistam no país: “Eu convido todas as empresas do mundo para que se aproximem, para que aportem forte seus investimentos no que será o desenvolvimento petrolífero e de gás”.

A declaração ocorreu no IV Foro de Países Exportadores de Gás, em Santa Cruz de la Sierra, Bolívia. De acordo com o ditador, a Assembleia Constituinte – eleita de forma fraudulenta e composta apenas por apoiadores de Maduro – aprovará uma nova Lei de Investimentos Estrangeiros em breve: “A lei criará novas e muito atrativas condições para o investimento internacional no campo do petróleo e do gás”, disse.

Maduro anunciou também que a Venezuela terminará o processo de certificação do gás até 2019 para se tornar oficialmente a “quinta maior reserva do planeta”.

O Foro de Países Exportadores de Gás é composto por 12 membros: Rússia, Irã, Qatar, Argélia, Bolívia, Egito, Guiné Equatorial, Líbia, Nigéria, Trinidad & Tobago, Venezuela e Emirados Árabes, além de sete países observadores (Holanda, Iraque, Omã, Peru, Noruega, Cazaquistão e Azerbaidjão).

12 COMENTÁRIOS

  1. O melhor que pode acontecer de bom para o sofrido povo da Venezuela é definitivamente ela quebrar. Vai haver sangue, infelizmente, mas ao fim, os homens e mulheres sensatos governarão o país.

  2. As Empresas que abandonaram a Venezuela, devem mostrar que quem manda sao eles e nao o governo ditatorial venezuelano. Eh a hora de exigir que abandonem o Poder !

  3. Só louco pra investir lá, lembremos do que fez a Bolívia com tudo o que o Brasil tinha naquele país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here