Após transformar sextas em feriados, Maduro decreta que quarta e quinta também serão feriados

Após decretar que todas as sextas-feiras até o começo de junho serão feriados, Maduro teve mais uma ideia para tentar sanar a falta de energia gerada pelo socialismo: decretar que as quartas e quinta-feiras também serão feriados para o serviço público de todo o país.

A medida foi anunciada na noite de ontem (26), pelo vice-presidente da Venezuela, Aristóbulo Istúriz, e se seguem a outras medidas de Maduro, como pedir para as mulheres pararem de usar secador de cabelo e criar mais um ministério para “resolver” o socialismo. A oposição condenou a medida, não apenas pelo absurdo em si, mas por ser uma manobra para Maduro impedir que haja o referendo para reduzir o mandato do socialista (os prazos são contados de acordo com os dias trabalhados pelo governo).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here