“Arrastão” das multas do farol baixo nas estradas é um sucesso em Goiás

Com o argumento de reduzir o número de acidentes nas estradas, desde 08/07 os motoristas são obrigados a manter acesos os faróis baixos dos seus veículos, mesmo durante o dia e com muito sol. O valor da multa é de R$ 85 mais 4 pontos na carteira.

No primeiro final de semana de vigência da nova lei, a polícia rodoviária federal aplicou 1.384 multas em motoristas por não atenderem à nova regra em Goiás. Apenas neste estado e em um único final de semana, estima-se um total de R$ 117.640 de arrecadação com as multas.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

5 COMENTÁRIOS

  1. Tem que multar mesmo. Brasileiro se acha esperto mas e o pais mais troxa que conheco.qualquer lei que criam tem que ficar dez anos enfiando na cabeca do povo.nao quer cumprir lei, então que pague poriso

  2. somente mais um trunfo pra sugar o dinheiro do povo! brasil não tem solução mais não! a ladroagem tomou conta!

  3. Lá fora é outra coisa. Existe justificativa para se usar o farol durante o dia pois, o clima frio com névoa e neve motiva o uso do item. Quanto ao brasil isso é uma decisão absurda, patética de parlamentar que quer mostrar trabalho sem nada fazer.
    Não há motivo para isso. Farol aceso durante o Sol forte ajuda a encandear a vista dos motoristas e motoqueiros que seguem em direção contrária na pista causando cansaço visual e pelo contrário, elevando o número de acidentes.
    Quanto a manutenção, soma-se ao desgaste de partes elétricas como alternador e bateria e a elevação, ainda que pequena do consumo de combustível.
    Toda decisão advinda do congresso tem um “q” de benefício para determinados setores visando elevar o lucro das casas de auto-peças que estão sofrendo com a crise, dos mecânicos que passam o dia ausente de serviços e por fim de um governo autoritário estatizante como é o brasileiro.
    O brasil é o reino dos absurdos injustificáveis.

  4. Lá fora tecnicamente a coisa dá certo, aqui é aquela choradeira diaria incessante de industria de multas. Pena que a mentalidade pífia do povinho brasileiro o faz não aceitar o que dá certo lá fora. Lá fora as pessoas tem RESPONSABILIDADE… coisa que aqui é quase um palavrão.
    As pessoas adoram reclamar de multas mas se seguissem o que é orientado, não iamos ver tanta arrecadação. Na Alemanha as pessoas param em um sinal de pedestres quando ele fecha, mesmo que a rua esteja vazia… é a educação que tiveram. Aqui passam fora da faixa e com os carros vindo.

    • A diferença é que LÁ FORA EXISTE ESTRADA E SINALIZAÇÃO DE QUALIDADE! Lá fora estradas são adequadas para velocidades maiores. Lá fora não tem indústria de multa. A merda dos políticos só trazem lá de fora o ônus – então pq não trazer, também, o que deveria ser obrigação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here