Bancários em greve lutam contra o avanço tecnológico dentro dos bancos

A greve que mantém bancários paralisados por todo o país há mais de dez dias tem como um de seus objetivos forçar os bancos a acabar com os modelos de agências digitais, uma opção que tem ganhado força entre os clientes devido à redução — às vezes a zero — das taxas de manutenção.

Os grevistas reclamam que, embora venha embalada numa roupagem que indica revolução, as agências digitais são basicamente centrais de atendimento com funções bancárias, o que moveu parte das operações para outro tipo de ambiente. Além de não fazer greves, as máquinas fazem quase o mesmo serviço a custo muito menor.

 

A pauta específica de reivindicações dos bancários inclui jornada de 25 horas semanais, enquanto a maioria dos trabalhadores brasileiros trabalham mais de 40 horas semanais.  Além disso,  exigem priorização do pessoal do banco antes da abertura das vagas para trabalhadores terceirizados, e mais cuidado com o remanejamento de pessoal entre agências físicas e digitais, além de disponibilização gratuita de equipamento de trabalho.

O sindicato dos Bancários chama atenção ainda para a falta de acesso ao ambiente em que estão lotados os bancários das agências digitais. “A lista de desrespeitos que os funcionários denunciam ao sindicato é extensa, por isso a pauta de reivindicações da Campanha Nacional 2016 inclui cláusulas para melhorar as condições de trabalho nesses locais, onde o acesso de dirigentes sindicais é absurdamente proibido”, relata Ivone Silva, secretária-geral do sindicato.

A forma como as reivindicações vêm sendo apresentadas à sociedade, entretanto, tem prejudicado a imagem dos bancários junto à população. É possível encontrar pelas redes sociais reclamações sobre o fato de que as agências digitais estão sendo apontadas como vilãs. Essa insatisfação ocorre porque o modelo de negócios é mais barato e menos burocratizado que o tradicional, dois fatores que o fizeram cair nas graças dos clientes.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

34 COMENTÁRIOS

  1. BANQUEIROS, pelo amor de Deus até quando vocês vão aceitar isso?? Começa uma demissão em massa e deixa o pau torar na justiça, indeniza quem tiver que indenizar, é mais barato, e deixa essa cambada de vagabundo que exercem uma função que não exige qualificação nenhuma, só sabem conferir dinheiro e manusear um sisteminha simples procurar emprego, podem ver, é fato, bancário quando é demitido não trabalha mais em lugar nenhum, não sabem fazer nada, acabam em caixa de supermercado, padaria, loja, pizzaria, etc… nem para vendedor servem.
    Acho engraçado que reclamam, fazem greve mas procurar um emprego “MELHOR”não quer não né? quer ficar mamando embaixo da saia dos sindicatos? … kkkk….
    BANQUEIROS … DIGITALIZEM TUDO, NINGUÉM PRECISA DE AGÊNCIA, EU MESMO NÃO LEMBRO A ULTIMA VEZ QUE FUI EM UMA … ACABEM COM ISSO BANQUEIROS … SIMPLIFIQUEM AMIGOS … FAÇAM UMA PESQUISA COM A POPULAÇÃO E VEJAM O QUE ACHAM DESSA GREVE, TERÃO TOTAL APOIO SE COMEÇAREM A DEMITIR

  2. “”A pauta específica de reivindicações dos bancários inclui jornada de 25 horas semanais, enquanto a maioria dos trabalhadores brasileiros trabalham mais de 40 horas semanais. Além disso, exigem priorização do pessoal do banco antes da abertura das vagas para trabalhadores terceirizados, e mais cuidado com o remanejamento de pessoal entre agências físicas e digitais, além de disponibilização gratuita de equipamento de trabalho.

    O sindicato dos Bancários chama atenção ainda para a falta de acesso ao ambiente em que estão lotados os bancários das agências digitais. “A lista de desrespeitos que os funcionários denunciam ao sindicato é extensa, por isso a pauta de reivindicações da Campanha Nacional 2016 inclui cláusulas para melhorar as condições de trabalho nesses locais, onde o acesso de dirigentes sindicais é absurdamente proibido”, relata Ivone Silva, secretária-geral do sindicato.””

    Ta, mas o que essa manchete tem a ver com a pauta dos grevistas?” Nao estao querendo o fim das agencias bancarias digitais…

  3. Existem inúmeras exigências num período que grande parte dos brasileiros estão DESEMPREGADOS e dispostos a encarar o que lhes for ofertado..enquanto os bancários que tem por trás um forte sindicato são injustos pois querem ajustes acima da inflação o que em quase nenhum setor ocorre e prejudicam aqueles necessitam destes serviços… os concursados sabem quanto ganharam onque farão a margem de aumento anual e entram pra no próximo ano fazer esta palhaçada..os demais estão lá pq creio que julgam ter algum benefício senão saíam.. tenho certeza que existem milhares de interessados em trabalhar em vossas condições atuais pelo salário que tens … não está satisfeito? Saia.. É um absurdo. Essas greves por motivos torpes serem permitidas.

  4. Gente eu abri uma conta dia 19/08 e atecahora meu cartão ainda não chegou! Minha agência está em greve, como posso fazer para receber? Consigo receber em outra agencia?

  5. Greve de bancário é período de férias extras! Esses caras fazem isso todos os anos na mesma época. Façam seu protesto sem angariar o ódio da população. Banqueiros que se resolvam com os bancários. No mais, agradeço a Deus por não ter que colocar mais meus pés em uma agência. O atendimento sempre é péssimo, em tom de “estou te fazendo um favor”. Ganham muito bem em comparação à maior parte da população. Talvez no dia em que mudarem de postura, passem a ter o apoio da população. Até lá, quero mais é que sejam plenamente substituídos por máquinas.

  6. É muito engraçado esse povo com greve em um país de desempregados , esses funcionários trabalham de boa ganham melhor que professor universitário tem um pecimo atendimento eu estou pra cometer um suicídio por não ter dinheiro em casa por estar preso no banco e não tenho como pedir cartão e esse bando de a toa fazendo greve cadê as autoridades peli amor…….

  7. Matéria distorcida… Ninguém é contra a tecnologia. As pessoas são contra condições de trabalhos ruins em um dos setores que mais se lucra no país…

  8. Greve agendada todo ano é sacanagem, tenho um conhecido que é bancário e ele mesmo fala que tem duas férias por ano, se referindo ao tempo que fica em greve . Na crise que o país está enfrentando é ridículo uma greve assim, quanto dinheiro não está deixando de ser movimentado, e a economia cada vez mais para o buraco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here