Bracelete da hipocrisia desarmamentista no Oscar 2016

 

 

Celebridades como, Patricia Arquette, Steve Carell, Bryan Cranston e outros artistas planejam usar um bracelete contra o porte de armas durante a cerimonia do Oscar 2016, enquanto são assistidas por um forte e armado esquema de segurança.

Segundo a People Magazine, o bracelete foi projetado com um fio preto e uma parte em ouro. Esse bracelete é parte de uma ação para recrutar celebridades e de influenciadores de Hollywood para o controle de armas nos EUA.

É a velha hipocrisia dos desarmamentistas, fazem discursos contra o porte de armas de cidadãos atrás de seguranças armados. No Brasil é lógica, não é diferente.

Todo brasileiro tem o dever proteger a integridade de sua vida e família e de suas propriedades.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

3 COMENTÁRIOS

  1. Certo, só não entendi uma coisa. Qual a relação entre o porte de armas dos seguranças das empresas de segurança com o porte de arma de um cidadão comum? Você tem ideia dos cursos e certificações que esse pessoal recebe pra organizar esse tipo de esquema de segurança? Agora imagina arma liberada para todos, uma briga de trânsito por conta de alguém andando devagar. Imagina a merda que dá, o brasileiro é estúpido e impulsivo.

    • Queridão, a sua resposta não faz sentido nenhum do ponto de vista lógico. Inúmeros países têm o porte liberado e não tem assassinato a cada briga de trânsito. EUA e Paraguai são dois bons exemplos. Nos EUA existem mais armas que habitantes, mais habitantes que o Brasil, mas mesmo o número absoluto de assassinatos por arma de fogo é muito menor que aqui. No Paraguai, um vizinho do Brasil mais pobre, tem um número de assassinatos por arma de fogo por habitante (proporcionalmente) extremamente mais baixa.

      Por que só alguém com certificação tem capacidade de usar uma arma? Ora, se eu compro uma pistola, não faz sentido nenhum tê-la de enfeite. É mais que natural que eu faça cursos para aprender a manuseá-la e tirar o maior proveito possível e eliminar possíveis riscos. Dizer que brasileiro é “estúpido e impulsivo” não passa de viralatismo.

      No frigir dos ovos a realidade é apenas uma: a questão é que o tema da discussão não é “armas de fogo”, mas sim “direitos” e “liberdade individual”. Você tem o direito de não ter uma arma. Isso é uma prerrogativa sua. Agora, é certo me tirar o direito de ter a minha? Com base em quê, exatamente? Olhe as estatísticas antes de formar uma opinião importante como essa. Veja se em países extremamente liberais acontece bangue-bangue nas ruas. Sabe por que isso não acontece? Porque as pessoas valorizam sua vida. Então, se é liberado para todos, e eu resolvo sacar minha arma à toa, estou colocando minha vida em risco porque o outro também pode ter uma. O controle é justamente criado pela liberdade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here