Buscas por Bolsonaro no Google “explodem” com exibição do Jornal Nacional

A cada aparição do deputado Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL, em canal de TV aberta, mais brasileiros buscam sobre ele no Google.

Foi assim quando Bolsonaro foi ao programa Roda Vida, da TV Cultura, e atingiu o seu maior pico nas buscas até então. Mas ao aparecer ao vivo na Globo, no Jornal Nacional, que é um dos programas com maior audiência da emissora, segundo o Ibope, as buscas por Bolsonaro no Google explodiram.

Imagem extraída do Google Trends

A repercussão foi tão grande que deixou o programa da Roda Viva insignificante. Bolsonaro foi buscado quase 4 vezes mais durante e após o programa Jornal Nacional do que no dia 30 de Julho, quando participou da Roda Viva.

Falando bem ou mal, o candidato Jair Bolsonaro, que é amado e odiado por milhões de brasileiros, com apenas uma entrevista, conseguiu fazer o país todo discutir assuntos como: desigualdade de gênero, direitos trabalhistas, educação infantil e ditadura militar.

Nem mesmos os apresentadores da Globo escaparam da enorme repercussão. Salários de Willian Bonner e Renata Vasconcelos foram revelados. Até mesmo o tipo de contratação de ambos, que é por meio de Pessoa Jurídica, para fugir dos direitos trabalhistas garantidos pela CLT.

A Globo também não escapou. Ao ser questionado por Renata se o candidato transformou seu cargo de deputado como uma profissão que consome dinheiro público, Bolsonaro rebateu que a emissora paga o salário da apresentadora e também recebe dinheiro público. Nas redes sociais, repercutiu uma matéria da Folha que a Globo recebeu até R$ 6,2 bilhões de dinheiro público durante o governo do PT.

O candidato mais polêmico das eleições de 2018, parece já garantir o segundo turno, mesmo com pouca aparição na TV nos horários eleitorais. A rejeição de Bolsonaro também cresce, mais de 60%, segundo a pesquisa Barômetro Político Estadão-Ipsos, e deixa sua possível vitória no segundo turno muito improvável.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here