“Caça-Fantasmas” feminista fracassa nos EUA e no Brasil

Após seu trailer se tornar o nono vídeo com mais descurtir na história do Youtube, o novo Caça-Fantasmas – onde todas as “caças fantasmas” são mulheres, bem como as fantasmas, e o único homem coadjuvante é um completo idiota – estreou nos cinemas dos EUA e do Brasil com um completo fracasso.

Nos EUA, o lançamento do filme ficou atrás da animação “Pets: A Vida Secreta dos Bichos”, da Universal, arrecadando 46 milhões de dólares (contra 50,6 milhões da animação, que já arrecadou 203 milhões de dólares somente nos EUA), no que foi considerada uma abertura medíocre para uma história que já possui uma legião de fãs. A equipe responsável pelo filme culpou o fracasso da estréia nos cinemas – o momento mais importante para definir o sucesso de um filme – ao “conservadorismo” e “machismo” dos fãs do filme original.

No Brasil, o filme estreou apenas no quarto lugar de bilheteria, levando 382 mil pessoas aos cinemas, ficando atrás de “Procurando Dory” (bilheteria de 715 mil pessoas essa semana – terceira semana nos cinemas), “A Era do Gelo: O Big Bang” (bilheteria de 692 mil pessoas essa semana – segunda semana nos cinemas) e até mesmo do brasileiro “Carrossel 2: O Sumiço de Maria Joaquina”, que levou 408 mil pessoas aos cinemas em sua segunda semana no circuito.

Seja nos EUA ou no Brasil, a livre iniciativa de milhões de pessoas mostra cada vez mais rejeição a filmes que se preocupam mais com fazem politicagem esquerdista barata do que contar uma boa história.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

35 COMENTÁRIOS

  1. Esse filme é uma piada… Não é continuação, não é homenagem… É um lixo político…

  2. Pior merda a transformar um filme classico fantasia em um filme politicamente correto. Não ligaria se o filme fosse estrelado por mulheres mais a forma que a história fou construída e os estilo dos personagens foi péssimo! . Um exemplode como a história poderia ter começado é com os antigos caça fantasmas treinando e passando o legado para as novas é um exemplo que estou dando mais enfim, ignoraram o antigo, fizeram um feminista e politicamente correto demais e ficou uma bosta!

  3. Já encheu o saco prq alguem dizq não gostou do filme já logo vem uma mulher falando q é tudo machista e blá blá bla, po meu, qr falar q nosso ego é fraco por uma critica transparente ao ver q esse filme foi uma droga? ai lá entção sentem suas buzanfas nos cinemas e deêm ibope pro filme se gostaram, vcs são maioria no mundo e nem isso conseguem fazer? Parem de encher o saco da homarada e vão procurar se preocupar com as meninas q idolatram pessoas como anitta q cujo maior talento é usar mini shortinhos e rebolar a bunda, as meninas de hj em formaçao estao se entregando ao sexualismo fora de hora e vcs preocupadas com falar mal de homens? Machismo tmbm é puxar uma cadeira pra vcs sentarem, abrir a porta do carro, pagar a conta isso é machismo tmbm e prq? COISAS DE HOMENS assim sendo não confundam feminismo como salvação contra opressão dos homens, vcs tmbm tem suas caracteristicas q as vzs prejudicam relacionamentos mas ainda assim temos q entender, machismo agora é tachado de algo como nazismo nocivo á sociedade, estudem pesquisem, esses termos não foram criados pra um ser opressor e o outro salvador e sim para definir interesses de ambos os sexos, agora voltem pra seus afazeres e cuidem das meninas de shortinho curto dançando funk, olhem pra isso pra q se tornem boas mulheres de indole no dia de amanhã, parem de senso infantil de classe oprimida, já era !!!

  4. Eu vi o filme ontem… Ele é bonzinho… mas talvez se tivesse roteiro melhor ficaria realmente legal. Ou então, se não tivesse ficado arranjando bodes expiatórios para tremenda rejeição, talvez ganhasse simpatia das pessoas mais moderadas ou de mente abertas.

  5. “E se esconder por traz de bandeira não é garantia de sucesso.” Foi exatamente isso que tentaram para tentar chamar a atenção. Só que não deu muito certo. Ninguém come a embalagem de um chocolate e sim o conteúdo e quanto a isso o filme realmente cagou e desrespeitou muito uma franquia nostálgica que poderia ser retomada com grande estilo. Sabe o que é pior… usarem atores da franquia original para fazerem “participações” fora do escopo dos seus personagens clássicos. Isso foi a gota! Parece que o diretor quis zoar a cara de todos, só pode!

  6. ELES esquecem que clássico é clássico e merece respeito. era um filme de aventura, nada tinha a ver com machismo. desrespeitam e fazem politicalha em cima… e os produtores foram no papo.. mas o que eles ainda não perceberam é que sapatão e esquerdista fica militando pedindo pra detonarem e massacrarem personagens classicos.. mas esta gentalha NÃO VAI NO CINEMA NEM CONSOME NADA! E ESTA POLEMICA SOBRE O RACISMO QUE SOFREU A ATORA NEGRA APÓS DAR ENTREVISTA COTISTA NA TV E FAZAER POLITICA EM CIMA DO FILME DEPOIS DE DESTRIR ELE? VAMOS ANALISAR ISSO: Ela estragou o filme. Destruíu! ela e suas amigas. Não por serem mulheres ou negras mas por serem péssimas atrizes e por não terem nada a ver com o original.. MAS ATÉ AÍ TUDO BEM, afinal não se pode agradar todos…PORÉM o problema vai além: Um filme clássico, com personagens consagrados por décadas, que geraram toda uma subcultura. até hoje fãs reproduizem o carro, se vestem igual, recriam as armas, fazem encenação, assistem desenhos e séries e merecem respeito. E foram em primeiro lugar desrrespeitados mas até aí AINDA daria para aguentar já que no novo mundo tudo se recicla. MASS o problema ainda avança muito: quando os fãs de dezenas de coisas vêm star wars, mad max, heróis marvel e mais dezenas de classicos serem ESTRAGADOS por feminismo e cotismo, um atrás do outro, já não dá mais para aguentar. Isso porque inclusao é necessária SIM e dá sim pra criar todo tipo de personagem! dá pra criar novos, novas sagas, novos filmes e ninguem seria contra! Mas o que se vê é que nao sabem CRIAR NADA NOVO QUE OS REPRESENTE, pegam personagens clássico e os subvertem e destróem em nome da nova representatividade mas desta forma gospem na cara de fãs antigos destruindo o que eles amavam …será que querem inclusão mesmo ou querem só subverter e estragar o que já existe para provar que eram errados por pura politicalha?? sinceramente já nem sei mais……mas isso de não criare nada novo e estragar o clássico alterando-o não é talento, arte nem inclusão, É ROUBO E USURPAÇÃO E DESRESPEITO AINDA COM QUEM GOSTAVA DA VERSÃO QUE SEMPRE EXISTIU! E PIOR: aí a atriz ainda vai na TV após destruir o filme e o personagem clássico e ainda vai dar discurso vitimista , cotista e feminista, ao qual ela teria o direito de fazer.. mas NÃO SOBRE UM CLÁSSICO…… e aí aconteceu que o povo simplesmente nao aguenta mais desrespeito nos clássicos e aí tb erraram feio e partiram pra um racismo criminoso, idiota e animal.. foi um festival de erros pra todo lado! mas fica a dica: racismo é escroto e desrespeitar fãs e clássicos tb… para as feministas/cotistas: criem suas próprias coisas, personagens e sagas que os representem como quiserem, insiram eles nas sagas clássicas ou criem universos novos e aí façam a politica que quiserem em cima…mas deixem personagens clássicos em paz…e fãs de clássicos: saibam expressar sua desconformidade com o atual desrespeito aos personagens consagrados mas sem serem escrotos racistas ou criminosos pois se for assim tb perdem toda a razão….

  7. Sinceramente, LIXO. Não por serm mulheres e sim por pegarem uma historia consagrada e tentarem forçar uma posição politicamente correta. Este tipo de mexida poderia até ser tentada mas de forma sutil. Além de que as personagens não tem nem de longe o carisma dos bons e velhos Egon, “Pete” Venkman e Don. Fazer um ctr-c e ctr-v trocando de homem para mulher é achar que o público é idiota. O Pior de tudo é o discurso feminazzi que aproveita para por a culpa em machismo.
    Acho que este tipo de atitude diminui as mulheres, relegando-as ao plano de simplesmente tentarem copiar algo de sucesso para tentarem inserir a posição feminina.
    O fracasso mundial mandou um recado simples. O público não aceita porcaria. E se esconder por traz de bandeira não é garantia de sucesso.

  8. “Seja nos EUA ou no Brasil, a livre iniciativa de milhões de pessoas mostra cada vez mais rejeição a filmes que se preocupam mais com fazem politicagem esquerdista barata do que contar uma boa história”

    Tem algo errado com o mundo se mulheres como personagens que não são idiotas, românticas ou sexualizadas é considerado uma politicagem. Já pensou que talvez as mulheres sirvam um pouco mais do que só fazer a gostosa a lá Brazzers no cinema?

    Acredito que o fracasso do filme se deve mais ao insulto que faz a posição masculina no cinem (e na vida, por que não?). Afinal, mulheres gordas, fora do padrão estético e uma lésbica tomando os papéis principais do grande Murray, Aykroyd, Ramis e Hudson? Isso é demais ao frágil ego masculino.

    O filme não é de esquerda. O filme é um filme trash como bem foi o primeiro Caça-Fantasmas. Você que é um babaca de masculinidade frágil. O fracasso é você e não o filme.

    • O problema não é ter mulheres nos papéis principais, dezenas de filmes de sucesso o têm. O problema é refazer uma história inteira pra fazer politicagem barata substituindo a história original por uma versão feminista de segunda classe. O “insulto” é à inteligência das pessoas, não à “posição masculina no cinema e na vida”. Não é à toa que o filme é um fracasso de bilheteria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here