Crianças desenham alimentos e sonham com pizza e lasanha na socialista Venezuela

Professores da escola Padre Jose Maria Velaz, em Caracas, Venezuela, pediram que os alunos desenhassem ou descrevessem suas refeições depois que algumas crianças desmaiaram de fome. As respostas chocaram a instituição de ensino católica, que funciona em um bairro pobre da capital. Parte dos 478 alunos do jardim de infância e primário não tomam café da manhã e pulam outras refeições ao longo do dia, se alimentado apenas de pão, mandioca ou arepa, uma massa feita de farinha de milho.

Um estudante disse que a pizza era o seu prato favorito, mas que havia comido apenas “bolo de milho com queijo no café da manhã, espaguete com ovo no almoço e um bolinho no jantar.” Sem ter comido nada no café da manhã, outro disse gostar de “lasanha e torta.”

Segundo a diretora da escola, Maria Hidalgo, uma em cada quatro crianças não comem de forma adequada. “É dramático o que estamos passando”, disse.

No socialismo da Venezuela – e todos os demais regimes socialistas que já existiram ou ainda existem – os ricos socialistas aliados ao governo são livres para comer caviar, enquanto os pobres têm que buscar comida no lixo para não morrer de fome.

1 COMENTÁRIO

  1. Assim é o combate as desigualdades sociais proposto pela esquerda mundo afora. Assim foi em todo o Leste Europeu por quase 100 anos, sob o famigerado regime comunista, assim é em Cuba, Coreia do Norte, Vietnã, Camboja e em muitos outros lugares que adotaram a maldição do socialismo como regime de governo. E, se não barrar definitivamente a maldita facção que esteve a frente do governo central brasileiro por longos e intermináveis 13 anos, vamos viver a mesma situação pela qual passam os venezuelanos. Pense nisso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here