Criminoso que tentou matar Bolsonaro é ex-filiado do PSOL

Jair Bolsonaro, candidato à presidência da República pelo PSL, foi esfaqueado nesta quinta-feira (06) em Juiz de Fora, Minas Gerais. Ele foi encaminhado para a Santa Casa de Juiz de Fora onde passa por cirurgia neste momento.

Segundo levantamento feito pelo ILISP junto ao TSE, o responsável pelo esfaqueamento, Adelio Bispo de Oliveira, foi filiado ao Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) entre 06 de maio de 2007 e 29 de dezembro de 2014, quando pediu para sair do partido. Adelio mora em Montes Claros – MG, cidade a 673 quilômetros de Juiz de Fora, e recentemente também esteve em um evento “Lula livre” na cidade de Florianópolis – SC.

Segundo Flávio Santiago, major da PM de Minas Gerais, o criminoso já havia sido preso em 2013 por lesão corporal.

2 COMMENTS

  1. Bem lembrado, Jonny Hawke, quem estará pagando os advogados que custam seu peso em ouro? Quando será que a Justiça vai exigir a origem dos recursos do réu, quando esse contrata luminares da advocacia?

  2. Garanto que já tem um batalhão de Advogados para representa-lo. E quem será que está pagando?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here