Derrota de Evo Morales em referendo na Bolívia é praticamente confirmada

Com um terço das urnas apuradas, o “NÃO” praticamente venceu o referendo sobre a mudança na constituição da Bolívia, impedindo que a constituição seja alterada e garantindo que o presidente Evo Moraes não possa concorrer a mais uma reeleição em 2019. Até o momento, nas urnas já apuradas, 62,7% votaram “NÃO” à mudança na constituição contra 37,3% que votaram SIM. Em 2014, Evo Moraes foi eleito para o seu terceiro mandato com 61% dos votos.

A administração Morales tem tido um aumento nos casos de corrupção, desperdício de dinheiro público e autoritarismo. Denúncias recentes sobre uma ex-namorada de Moraes cuja empresa conquistou contratos lucrativos com o governo têm pesado bastante contra a popularidade do presidente. Esta semana, seis pessoas foram mortas em protestos depois que apoiadores de Morales puseram fogo em um escritório da oposição.

Com informações do Tribunal Superior Eleitoral da Bolívia e da Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here