Desde a criação do real, inflação faz nota de R$ 100 valer R$ 18,59

Desde 1º de julho de 1994, quando o real começou a circular, até 31 de março de 2016, a moeda perdeu 81,41% do seu poder de compra. Isto quer dizer que uma nota de R$ 100 equivale a R$ 18,49 nos dias de hoje. A inflação funciona como um imposto invisível. Para oferecer financiamentos e outros privilégios a grupos específicos, é necessário produzir garantias em empréstimos e para isso, o estado “imprime” mais dinheiro do que a economia pode absorver.

Como consequência, temos a desvalorização do dinheiro que está no nosso bolso. A inflação acumulada é de 437,79% nos últimos 22 anos, independentemente do partido no poder, os responsáveis pelas políticas econômicas adotadas pouco se preocuparam com isso.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

2 COMENTÁRIOS

  1. “A ditadura perfeita terá a aparência da democracia, uma prisão sem muros na qual os prisioneiros não sonharão sequer com a fuga. Um sistema de escravatura onde, graças ao consumo e ao divertimento, os escravos terão amor à sua escravidão.”
    — Aldous Huxley

  2. Em sua sanha de imprimir moeda para bancar um aparato estatal inchado e ineficiente (mas útil para fins espúrios), a população acaba tendo que pagar cada vez esse imposto indireto, a inflação. E esse é apenas um dos fatores que dificulta a mobilidade social no Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here