Dória anuncia ‘privatização’ do Bilhete Único para melhorar o transporte público

Dória anunciou em sua página do Facebook que vai “privatizar” (vale lembrar que o modelo é uma concessão e não uma privatização de fato) o Bilhete Único em São Paulo para melhorar os serviços prestados e, segundo ele, economizar mais de R$ 400 milhões por ano dos cofres públicos.

A ideia não é nova. O melhor sistema de transporte público do mundo, que  fica em Hong Kong, tem todo o transporte  gerenciado pela iniciativa privada. E o “Bilhete Único” em Hong Kong, o “Octopus”, é gerenciado por uma Joint-Venture, um grupo de cinco empresas privadas do transporte. O “Octopus” funciona tão bem que é também usado em outros mercados fora do setor de transporte, é possível fazer até compras com o cartão.  O sucesso do modelo de gestão privada é tão grande que mais de 80% da população utiliza transporte público na península chinesa.

 

Anúncio do Dória no Facebook
Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

4 COMENTÁRIOS

  1. Uma merda esse modelo. É o mesmo que de Curitiba. Depois de uns anos o estado continua tendo que financiar parte da operação. Esse tipo de parceria público-privada é mais prejudicial que o serviço estatal de fato, pois é uma forma “legal” de desviar dinheiro.
    O correto seria livre mercado 100% para o serviço de transporte.

  2. Nesse caso, quem controla os preços? Já q não há concorrência, nada impediria a sobreprecificação do serviço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here