Doria extingue Diário Oficial impresso para economizar papel e dinheiro dos paulistanos

Em mais uma medida para reduzir os gastos feitos com o dinheiro dos pagadores de impostos, o prefeito de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (01) que a versão em papel do Diário Oficial da Prefeitura de São Paulo foi extinta.

O diário passa a ser publicado apenas em versão online acessível por computadores e celulares, economizando R$ 1,5 milhão de reais ao ano e reduzindo os gastos com papel da prefeitura. Confira:

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

12 COMENTÁRIOS

  1. Acho muito legal a iniciativa, mas o jornal tem que passar por uma modernização quanto a diagramação que é super arcaica . E todas as vezes que queremos consultar on line é muito difícil, mesmo utilizando palavras chaves e o dia do jornal. De qualquer forma a iniciativa é maravilhosa e irá economizar muito para os cofres públicos. Não será uma economia só no papel, mas na manutenção das máquinas, no trabalho dos entregadores , combustível, etc.

  2. Pois é, o Gabriel está certo.
    O Diário Oficial não possui anúncios.
    Afinal, qual é a empresa que vai anunciar em algo que ninguém lê?
    Como o Gabriel disse: “É apenas o registro dos atos governamentais”

    • Traduzindo: as comunicações dos atos do Poder Executivo paulistano (Diário Oficial do Município) não serão mais veiculadas na forma impressa.

      Ele não extinguiu tiragem de empresa jornalística alguma, nem tem poder para tanto (pelo menos não diretamente). Anunciantes continuam podendo anunciar onde e na mídia em que bem entenderem (respeitadas as dezenas de normas sobre publicidade vigentes até então).

    • Aninciantes de onde? Seu burro, deve ser esquerdista. Ninguém anuncia no Diário Oficial. É apenas o registro dos atos governamentais. Meu Deus naonacredito que li isso.

      • O cara fez uma pergunta, não sabia a resposta ainda bem que uma pessoa super instruída e totalmente culta e cortês teve a bondade em responder a ele.

      • Não é bem isso. Repartições públicas devem publicar em veículos de imprensa de grande circulação avisos sobre licitações, normalmente publicam no Diário Oficial, mas não é obrigatório, podem publicar em outros locais.

      • nossa cara, antes de despejar ódio e balbuciar, da uma pesquisada se realmente não pode publicar no DO Gabriel F Neves… te pouparia de passar vergonha!

      • http://www.campinas.sp.gov.br/uploads/pdf/1126335379.pdf

        Veja a última página Gabriel, assuntos jurídicos e imobiliários entre outros, podem ser anunciados no diário oficial, se você não sabe a resposta, não venha com ofensa!
        Antes que me esqueça, não sou esquerdista e sim liberal, pessoas de mente pequena julgam algo sem saber, apenas coloquei a minha dúvida!

        Obrigado Juan, pela resposta!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here