Doria vai construir passarela de R$ 5 milhões com recursos privados para acessar Congonhas

O prefeito João Doria anuncia a construção de uma passarela definitiva sobre a Avenida Washington Luís, com acesso ao Aeroporto de Congonhas. Existe por lá há quase dois anos uma estrutura metálica provisória, “inaugurada” em outubro de 2015 como um paliativo temporário. À época, a prefeitura tinha anunciado que a mesma duraria seis meses até ser substituída por uma de alvenaria. Técnicos da Secretaria de Coordenação das Subprefeitura afirmaram que a Passarela Congonhas estava comprometida.

Passarela “provisória” aberta em outubro de 2015: obras de até 5 milhões começam em abril (Foto: Marivaldo Oliveira / Estadão Conteúdo)O custo da obra, estimada entre 4,5 e 5 milhões de reais, será arcado pela iniciativa privada, sem custos aos cofres públicos. Os financiadores são os grupos Iguatemi,  Praias e Accor Hotelaria — há um hotel Ibis nas imediações do local. As obras irão começar no início do mês de abril.

O projeto arquitetônico da nova passarela está a cargo de Helena Camargo, fundadora da H2C Arquitetura, e de Marco Artigas – neto do arquiteto paulistano João Batista Vilanova Artigas, expoente do modernismo brasileiro e autor da estrutura original dos anos 70.

4 COMENTÁRIOS

  1. Grandes empresas investem em marketing e na imagem publica com propagandas caras em horários nobres enriquecendo as mídias monopolisticas, porque não investir em algo com retorno para todos e com um fim social?
    Se fosse mais incentivado através das leis, poderia haver um pacto muito mais saudável para toda a sociedade, o problema é o governo e os velhacos dá política não querem largar o osso e o cofre.

    • É bem provável que elas colocaram seus nomes na passarela, assim como no caso dos parques privatizados.
      Ou seja, se for isso mesmo, elas ganharão visibilidade (marketing), pois o local é bastante movimentado.

  2. Os corruptos precisam controlar empresas ‘do povo’ para usar o dinheiro em suas campanhas fraudulentas e se perpetuarem no poder. Eu creio que a melhor forma de impedirmos essa estratégia maligna é ensinar os brasileiros a empreenderem suas ideias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here