Espírito Santo tem 58 homicídios em 3 dias e DML fecha por excesso de corpos (assista)

O presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil do Espírito Santo (SINPOL-ES), Júnior Fialho, anunciou em frente ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória que o local não possui mais capacidade de funcionar por excesso de corpos.

De acordo com o sindicalista, o local só voltará a receber corpos depois “que esvaziar” ou o “governo providenciar um baú frigorífico para colocar os corpos”, ficando por ora apenas responsável pela liberação de corpos que já estejam no local por uma questão de higiene.

De acordo com as últimas informações, o Espírito Santo teve 58 homicídios desde que a greve da PM começou, há três dias, levando o estado ao um caos na segurança pública. De acordo com imagens internas do DML, há diversos corpos jogados pelo chão da instituição (cenas fortes):

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

3 COMENTÁRIOS

  1. Vejam as consequências da greve da Policia no Estado do Espirito Santo, dispara o número de homicídios. Razão: Sem polícia os homicídios ficam a vontade para matar.
    Cabe aqui demonstrar que os homicídios não são consequências das desigualdades sociais ou falta de Deus, e sim a certeza da impunidade. No Brasil somente 2% dos homicídios são solucionados, e são aplicadas penais banais. Quando se fala em INIBIR OS HOMICÍDIOS pela implantação de prisão perpetua e PENA DE MORTE para inibir os quase 60 mil homicídios por ano Brasil, as entidades como direitos humano, OAB e religiosos são contrário e alegam as consequências, acima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here