Esquerdista urina e defeca em foto de Bolsonaro no meio da Avenida Paulista

Mostrando o quanto a esquerda está cada vez mais escatológica, uma mulher levantou sua saia, urinou e defecou em uma foto de Bolsonaro no vão livre do MASP – no meio da Avenida Paulista – hoje (25).

Pela presença de demais pessoas próximas à mulher com fotos similares – e pelos aplausos – se tratava de um protesto “artístico”.

30 COMENTÁRIOS

  1. Brasileiro que apoia os bons costumes n passa de um bando de vendidos!

    Que página de merda no carnaval todos ficam nu praticam sexo em publico e ninguem reclama. Essa mulher fez o q poucos teriam coragem para fazer ainda mais em relação a uma figura política facista e ditador. Um fdp q defende a ditadura, o estupro e a tortura mereci isso mesmo.

    Isso é a forma mais pura de protesto! Ela deveria cagar é mais e cara dele pessoalmente.

    • Realmente, poucos têm coragem de cagar e mijar no meio de uma das avenidas mais movimentadas da cidade de São Paulo. Ainda bem.
      É a forma mais pura de uma merda de protesto. A mesma merda que você tem na cabeça.

  2. Que lamentável!

    Manifestações que deveriam ter caráter democrático, expondo ideias divergentes, tornam-se uma exemplificação do grau de bestialidade que chegamos.

    Fico imaginando o que se passa no consciente desse ser? O que se pode tirar disto é: o melhor dela foi exposto para todos verem…

  3. QUE IMUNIDICIE
    ESTE ATO JAMAIS REPRESENTARÁ
    O FEMINISMO.
    QUE BAIXARIA, EXPOR E REPRESENTAR ALGO TÃO IMPORTANTE ASSIM, QUE SÃO OS DIREITOS DAS MULHERES

  4. A QUE PONTO ESTA MOCA CHEGOU!SO TENHO MUITA PENA DELA E DA FAMILIA…QUE COISA HORRIVEL!!!

  5. Essa moça deve ter família, pais ou parentes, imagino. O que eles estarão pensando agora? Gostaria de saber.

  6. Sabiam que urinar na rua é atentado violento ao pudor, mas que defecar na mesma não é crime algum? Isso se deve ao fato de que pra uma pessoa fazer isso, ela chegou ao extremo de necessidade a ponto de perder totalmente o pudor e a dignidade do ato.
    Mas se ela se manifesta apenas pela vontade, com intiuto de denegrir ou causar vexame a outro, assumi o risco de produzir o “resultado” (ofender o pudor público), logo, presente o dolo ou a “vontade particular de ofender o pudor alheio”. É passível a detenção e responcrime.
    Sabiam que qualquer pessoa pode dar voz de prisão para outra, mesmo não sendo policial? Ou seja, se você ver alguém infringindo uma lei pode simplesmente falar “teje preso”, e manter a pessoa ali até aparecer uma autoridade policial, ou levá-la pra delegacia.
    Só o fato de a pessoa ser apanhada pela polícia já é prova de que ela não estava sendo discreta, é dizer, estava com dolo.
    Então, pergunto: por que várias pessoas estavam lá aguardando o fato e ninguém deu voz de prisão?

    • Não existe mais o crime de atentado violento ao pudor já faz um tempo, hoje o crime praticado por pessoa que faz isso está no artigo 233 do Código Penal: praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto ou exposto ao público. Portanto hoje o crime é de ATO OBSCENO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here