Ex-prefeito petista que quebrou São Paulo inaugura pós-graduação em esquerdismo

A pós-graduação “A Esquerda no Século XXI” – a qual terá como professores Guilherme Boulos, Dilma Rousseff, Jandira Feghali, Jean Wylllys, João Pedro Stédile, Márcio Pochmann, Olívio Dutra e Celso Amorim – foi inaugurada hoje em Chapecó-SC com uma participação igualmente “especial”: Fernando Haddad, ex-prefeito da cidade de São Paulo, responsável por deixar a prefeitura com um rombo de 7,5 bilhões de reais e investigado por corrupção.

A pós-graduação em esquerdismo é coordenada pelo Instituto Dom José Gomes (IDJG) em parceria com o Instituto de Filosofia Berthier (IFIBE) e conta com o apoio institucional da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). O curso, entretanto, não é “público e gratuito” (afinal, “de qualidade” é impossível) como defende a esquerda: saudar a mandioca e aprender a criar crises econômicas, inflação e rombos no orçamento custa R$ 7.200,00.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

4 COMENTÁRIOS

  1. Sinceramente, Kassab, Haddad, que administração péssima, mas este atual Dória, parece que caminha para o mesmo. As ruas de São Paulo continuam um lixo. Buracos para todo lado. Os Paulistanos devem exigir, igual faço, que esse atual prefeito pare de Marketing pessoal, e trabalhe de verdade, principalmente arrumando esses asfaltos. Ele não foi eleito para ficar ranhetando com o Lula. Se fosse esse o argumento de sua campanha eu não teria votado.

  2. Pergunta séria: Onde que ele quebrou São Paulo?
    Confesso que fez muitas coisas que não concordo, mas quebrar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here