Filme de Whindersson Nunes poderá obter até R$ 7,5 milhões dos pagadores de impostos

Em mais um exemplo de como o dinheiro dos pagadores de impostos é utilizado na “cultura”, o youtuber Whindersson Nunes realizará um filme em parceria com a carioca Conspiração Filmes que será financiado por milhões de brasileiros. O filme deve contar a história da vida do youtuber e poderá captar até R$ 7,5 milhões do nosso dinheiro via Lei do Audiovisual.

A Lei do Audiovisual funciona por meio da “renúncia fiscal” de impostos que seriam pagos por empresas mas que são destinados a projetos selecionados pela Ancine, num modelo similar à Lei Rouanet. Na medida em que tais impostos já foram pagos pelos consumidores nos produtos e serviços consumidos destas empresas, se trata, na prática, de dinheiro dos pagadores de impostos destinado para projetos escolhidos a dedo pelo estado..

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

23 COMENTÁRIOS

  1. ABC da Amazônia, Pato no tucupi: Comer Pato é coisa comum no Pará e o Pato no tucupi está sempre na mesa em dias de festa. É considerado o prato que não pode faltar no sírio de Nazaré, uma das maiores festas religiosas do país. Existem muitos criadores de pato no Pará, alguns apuram a raça a partir de vários cruzamentos, inclusive com patos selvagens, a carne é escura e firme, preparado com vários temperos, o Pato é assado, cortado em pedaços e mergulhado no tucupi, um caldo amarelo extraído da mandioca. O último toque vem do jambú, planta picante que provoca ligeira dormência na boca e que faz parte de muitas receitas da cozinha paraense.

  2. Até agora não entendi como que o dinheiro é “dos pagadores de impostos” se é a empresa quem abate o imposto DELA (ou o teu, você também pode né).

    • O dinheiro da empresa vem dos produtos e serviços vendidos por ela aos consumidores, os quais incluem os impostos.

      • Toda empresa paga imposto, negar isso é negar a realidade, e este dinheiro vem dos consumidores destes produtos e serviços, mas você não é obrigado a dar seu dinheiro para estas empresas, para que as mesmas repassem parte deste dinheiro coercitivamente para o estado. O Santander não o obriga de financiar os impostos pagos pelo Santander. Nem mesmo o estado o obriga financiar os impostos do Santander.

        • Só tem um detalhe: quando o governo faz a renúncia fiscal, ele ainda tem a necessidade de arrecadar aquele valor que deixou de receber da empresa. E de onde vem essa arrecadação? Do meu, do seu, do nosso bolso! Por via indireta, você é obrigado a financiar este camarada aí…

          • Os impostos no Brasil já estão no seu limite máximo, isenção fiscal não vai aumentar a carga tributária. Se houvesse espaço para aumento de impostos, o governo já teria feito isso, independente de leis de incentivo fiscal para qualquer coisa. Imposto é roubo e sonegação é legítima defesa. Lei rouanet é sonegação, e quer saber? I don’t care.

          • Rafael, o único “limite máximo” para tributação em qualquer país é o máximo de riqueza que ele tem ou produz. O Brasil não está em nenhum “limite máximo”, mas em situação de alta carga tributária (e existem países com carga maior que a nossa), o que é um grave problema — ainda mais quando se considera que ele tributa mal. Reduzir o estado é condição primordial para a redução da carga tributária!

            Ademais, observo que você não tem muita intimidade com tributos. O que expliquei é questão de lógica matemática: se você tem um orçamento para pagar seus custos, e este é reduzido sem que tenha havido redução de custos anterior, vai criar déficit — ou seja, dívida pública neste caso. Isto é elementar. Logo, o governo terá que arrumar outra fonte de arrecadação para cobrir essa dívida. E quem você acha que vai pagar? Eu, você, os que não apoiam a Lei, e será pela via tributária.

            E outra: Sonegação é crime e ficar bradando que é “legítima defesa” pode ser considerado delito de apologia ao crime. Tome cuidado com o que repete na internet, porque esse radicalismo anarcocapitalista costuma viver em uma realidade paralela, ignorando a vida real e até mesmo a história. Qualquer hora o Ministério Público vai cismar com isto, e não adianta falar para o juiz que ele não tem legitimidade…

  3. Gente tanto filme merda e gente que sempre foi rica, que não faz a alegria de ninguém , não ajuda ninguém, é feito com dinheiro público, exemplo; tropa de elite e outros. Filme merdas de atores que tão pouco se lixando para os pobres e pessoas de classe média, isso é mais que merecido para Whindersson, ele é um cara que ajuda todo mundo que precisa, pessoas que são e que não são fãs, ele conseguiu arrecadar 350 mil reais para uma instituição de criança doente, isso vocês não fala né , ele ajudou um universitário deu uma moto, ajudou tanta gente que é até difícil de contar , mas vocês não fala, Whindersson você está de parabéns. Que Deus continue te abençoando.

  4. Só não entra na minha cabeça porque precisa da ajuda estatal se o cara é um mega youtuber. Se estes artistas são tão consagrados assim, deve ter gente disposta a pagar para ver o filme/reality show/programa deles. Eu sou radicalmente contra esses lixos de leis rouanet e audiovisual, nem é por causa da isenção fiscal, ou se mostra pintura escrito “criança viada”. É porque o projetos são ruins mesmo, é puro lixo. Isso quando não aprovam projetos para Cirque de Soleil, cujo ingresso chega a 3 mil reais. Aí depois ficam choramingando que não tem dinheiro pra saúde e educação.

  5. Gente vamos raciocinar. Não é ajuda para um grupo de pessoas escolhidos e sim um tipo de financiamento que o governo dá pra inumeros filmes brasileiros. Assim como também finacia muitas outras coisas. O dinheiro não está sendo dado. Está sendo financiado. Se vocês tiverem talento para fazer um filme tentem fazer o msm. Simples. A noticia foi maldosa ao ultilizar o nome do Whindersson assim. Varios filmes que fizeram a mesma coisa não foram expostos. Em fim. Apoio isso. Nem todos vivemos em hollywood.

    • Governo não tem que financiar filme com o dinheiro dos pagadores de impostos. Quer fazer filme, faça com o dinheiro de seus apoiadores, dado voluntariamente.

      • Exatamente!! Dinheiro de imposto tem que ser usado para algo útil de interesse comum da nação. EDUCAÇÃO, SAÚDE E SEGURANÇA!

  6. Jalusa 15/09/2017 at 11:47… E por todos que lotam as casas de shows e teatros no qual realiza seus shows…
    Então porque ele precisa tirar 7,5 milhões do estado?
    Garanto se ele pedir patrocínio com a fama que ele tem junta muito mais que isso.

  7. Se esse fosse o único problema do Brasil seria fácil de resolver… O problema dos brasileiros é sofrer por antecedência, até porque na própria reportagem fala “poderá”, e acredito eu que ele tem dinheiro o suficiente para bancar seu próprio filme… Tenho certeza absoluta que ele não aceitaria dinheiro público para isso, até pq ele faz muito mais por quem não pode do que o próprio governo.
    Levando em consideração que não fui em nem um show dele, apenas admiro como pessoa.

    • Se ele não precisa do dinheiro dos pagadores de impostos pra isso, então por que sua produtora entrou com o projeto para captar 7,5 milhões de reais dos pagadores de impostos?

  8. Segurança pública em estado de calamidade, saúde precária e educação também. E você ainda pergunta qual o problema em usar 7,5 milhões em “cultura”?
    Jalusa me desculpe mas você deve sofrer da cabeça!

  9. qual o problem disso? Esse impostos são pagos tambem por seus mais de 22 milhões de seguidores. E por todos que lotam as casas de shows e teatros no qual realiza seus shows.

    • Que eles financiem o filme então, não teremos problema algum com isso. O problema é obrigar milhões de pessoas a financiarem o filme.

      • Juiz Mano sou contra todo tipo de financiamento dessa tal “cultura” pq assim vc abre precedentes para todo mundo com todo tipo de “cultura” captar recursos para seus eventos mas assim a lei Rouanet jorra dinheiro com Claudia leite, Luan santana entre outras bizarrices e não vejo ni nguem com artigos reprimindo essas práticas…

  10. Se um não paga, ninguém deveria pagar! O certo era acabar com os impostos em 99% das coisas, e fazer algum imposto mais simples que sustentasse só o básico do Estado.

    De toda a forma, considero deixar de pagar imposto ótimo; acho milhões de vezes melhor que pegar dinheiro público. Bom, ainda assim é errado e injusto só ele ou artistas selecionados pelo Estado receberem essa ‘ajudinha’

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here