Folha faz 3 matérias sobre a “Revolução Russa” e omite as 20 milhões de mortes do regime socialista

A Folha de São Paulo resolveu realizar várias matérias para falar sobre a Revolução Russa, que aconteceu no dia 8 de março de 1917, há quase 100 anos. No entanto, o jornal esqueceu de mencionar o fator mais importante da “revolução”: as mais de 20 milhões de mortes que marcam o regime socialista da União Soviética.

Das três matérias publicadas pela Folha, nenhuma delas houve sequer uma menção sobre as consequências devastadoras do regime socialista.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

30 COMENTÁRIOS

  1. Sim, Nazismo e fascismo sempre foram de esquerda. Hitler em seu Mein kamph sempre teceu elogios homéricos ao comunismo, tanto que foi tutelado por Stalin, fato pouco conhecido. O socialismo alemão deixou rastros em um mundo enganado pela mídia: George Soros o bilionário financiador da esquerda mundial que esconde um passado sombrio: membro da SS, a polícia especial do Führer. Todos revolucionários subiram ao poder dizendo que iriam fazer o verdadeiro socialismo sempre com duras críticas ao marxismo anterior. Tal qual o capiroto que sempre muda de nome mas ao final sempre arrasta milhões de vidas para um campo de concentração e consequentemente para uma vala comum.
    Eu sou Thiago Araújo, Cientista Social Formar pela Unicamp. Não sou de esquerda. Eu estudei de verdade.

    • George Soros tenta desmentir o fato de que ingressou nas fileiras das SS em 1945 sob o argumento de que nasceu em 1930 e só teria 15 anos quando foi aceito. Ele aparece em uma foto devidamente uniformizado, com o símbolo da SS no colarinho.

      Para quem conhece história, a desculpa não cola. Ao final da guerra milhares de adolescentes alemães de 15/16 anos passaram a lutar nas tropas regulares da Wehrmacht e nas tropas das SS.

      Procurem ler a história de Julian Kulski, o soldado polonês que aos 15 anos combatia os alemães no levante de Varsóvia. Ele é apenas um dos milhares de soldados adolescentes da II Guerra Mundial.

  2. Chamar de socialista aquela época é “dourar a pílula”. Era comunista dos mais ferrenhos e assassinos da História. Malditos comunistóides, se tivessem a acabado dd vez com esta ideilogia vil e mesquinha metade dos problemas do Mundo estariam resolvidos.

  3. … Eu fico aqui meditando sobre a questão de Esses Caras que entram na política e fazem toda essa desgraça, herdarão já no automático, a injeção do mesmo tipo de mal que produziu e transformou em devastação sem comiseração toda uma nação.
    Tenho medo quando vejo o Brasil daqui há mais uns 6,7,10 anos. A maioria da Nação nem se liga e se se fala, já disseram que eu pirei de vez, já ouvi isso, na minha cara.
    Sabemos que é complicado ter conhecimento sobre todas essas histórias comunistas pelo mundo afora mas, aqui no Brasil estão sendo feito, Tudo Muito Bem e Possantemente Desenhado. A coisa avançou ao ponto mais próximo do Golpe e partindo do Congresso. Sem esquecer o Senado.

  4. A Guerra Civil Espanhola foi um conflito armado ocorrido na Espanha entre os anos de 1936 e 1939.

    Grupos que atuaram

    Para entender a Guerra Civil Espanhola é importante conhecermos as forças politicas que atuavam e disputavam o poder na Espanha momentos antes do conflito e quais eram seus objetivos.

    – Falangistas

    De tendência fascista e comandados pelo general Francisco Franco, tinham como objetivo eliminar o crescente movimento comunista na Espanha. Tiveram o apoio dos setores tradicionais e conservadores da sociedade espanhola (Igreja, Exército e grandes proprietários rurais). Contam também com a ajuda militar da Alemanha nazista e da Itália fascista. Tinham por objetivo a implantação de um governo autoritário.

    – Frente Popular

    De tendência esquerdista, contavam com o apoio dos sindicatos, partidos políticos de esquerda e defensores da democracia. Queriam combater o nazi-fascismo, que estava crescendo na Espanha e outros países da Europa. Defendiam o Governo Republicano e tiveram o apoio externo da União Soviética.

    início da guerra

    O clima político e social na Espanha na primeira metade da década de 1930 era tenso e recheado de conflitos entre esquerdistas e nacionalistas. Mas a guerra teve inicio quando em 18 de julho de 1936, o general Francisco Franco comandou o exército espanhol num golpe de estado contra o governo democrático e legal da Segunda República Espanhola. Porém, o golpe não foi bem sucedido e a Espanha ficou dividida entre falangistas e republicanos. A guerra civil provocou milhares de mortos e muita destruição. Perseguições e execuções eram frequentes e patrocinadas por ambos os lados. DEREITA E COMUNISTAS AMBOS LADOS.

    Saldo da Guerra Civil Espanhola:

    Após quase três anos de conflito bélico a Guerra Civil Espanhola termino com cerca de 400 mil mortos;

  5. A revolução de março de 2017 foi a menchevique, de centro esquerda, uma espécie de “PSDB with balls”, que colocou Querenski e alguns socialistas light no poder. A revolução que colocou Lenin e os comunistas no poder, matando a seguir dezenas de milhões de incocentes, foi a de outubro, a bolchevique.

  6. Por Hitler na conta do comunismo não dá. Ele foi apoiado pela Inglaterra e França no início de sua ascensão justamente por se opor ao partido. comunista alemão. Há facínoras melhores para ilustrar que a Revolução é uma ilusão, como o Sendero Luminoso, as Farc, Pol Pot, Daniel Ortega, MPLA.

  7. Fora os desastres ambientais:
    – Chernobyl;
    – secaram o Mar de Aral;
    – Portal do Inferno, cratera com vazamento de gás e incêndio, desde década de 1970, no Turcomenistão

  8. Até hoje falam apenas do nazismo que foi incomparavelmente menos letal que o comunismo.A mera existencia de partidos como PC do B é uma afronta a humanidade.

    • Mas os artigos não foram sobre a revolução republicana de fevereiro/março? Foi basicamente um movimento anti-absolutista. A ditadura comunista veio depois, com o golpe de novembro e, sobretudo, com o “autogolpe”, fechando a política, em janeiro de 1918.

  9. Faz um artigo sobre a ditadura de Francisco Franco, Salazar, Mussolini e Hitler e quantifique as mortes.
    Não interessa?

    • O número de mortes causados pelos regimes de Francisco Franco e Salazar, entre outros, é incomparavelmente menor do que Stalin, Hitler, Mao Tse-Tung (pedófilo e estuprador) , Pol Pot (Vietnam), Fidel Castro, Che Guevara e ditadores da Coréia do Norte.

        • – Das duas titicas comunistas o Pol Pot é muito pior, pois o Kmer Vermelho dizimou 1/4 da população cambojana.

          – Os comunistas vietnamitas foram eficientes em vencer militarmente os franceses e politicamente os americanos. Econômica e socialmente o Vietnã é um fracasso, como todo país comunista.

          – No caso da Coréia os americanos obtiveram relativo sucesso, já que não conseguiram unificar o país em torno de uma democracia capitalista. Contudo, ao longo da história a divisão mostrou, de forma inequívoca e cristalina, que o comunismo norte coreano originou uma sociedade econômica e moralmente fracassada, ao contrário do que ocorre na Coréia do Sul.

      • Sidney Oliveira

        Pol Pot foi ditador do Camboja, não do Vietnam, des-governado por outro vermelho, que atendia pelo nome de Ho Chi Minh.

    • A Guerra Civil Espanhola foi um conflito armado ocorrido na Espanha entre os anos de 1936 e 1939.

      Grupos que atuaram

      Para entender a Guerra Civil Espanhola é importante conhecermos as forças politicas que atuavam e disputavam o poder na Espanha momentos antes do conflito e quais eram seus objetivos.

      – Falangistas

      De tendência fascista e comandados pelo general Francisco Franco, tinham como objetivo eliminar o crescente movimento comunista na Espanha. Tiveram o apoio dos setores tradicionais e conservadores da sociedade espanhola (Igreja, Exército e grandes proprietários rurais).

      – Frente Popular

      De tendência esquerdista, contavam com o apoio dos sindicatos, partidos políticos de esquerda e defensores da democracia. Queriam combater o nazi-fascismo, que estava crescendo na Espanha e outros países da Europa. Defendiam o Governo Republicano e tiveram o apoio externo da União Soviética.

      Início da guerra

      O clima político e social na Espanha na primeira metade da década de 1930 era tenso e recheado de conflitos entre esquerdistas e nacionalistas. Mas a guerra teve inicio quando em 18 de julho de 1936, o general Francisco Franco comandou o exército espanhol num golpe de estado contra o governo democrático e legal da Segunda República Espanhola. Porém, o golpe não foi bem sucedido e a Espanha ficou dividida entre falangistas e republicanos. A guerra civil provocou milhares de mortos e muita destruição. Perseguições e execuções eram frequentes e patrocinadas por ambos os lados. Para que vc entenda os de DEREITA E OS COMUNISTAS AMBOS LADOS .

      Cerca de 400 mil mortos; Para que vc entenda os de DEREITA E OS COMUNISTAS AMBOS LADOS .

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here