Home Notícias Globo recebeu R$ 51 milhões sem licitação para construir museu que receberia...

Globo recebeu R$ 51 milhões sem licitação para construir museu que receberia “Queermuseu”

O Museu de Arte do Rio (MAR) foi alvo de polêmica nos últimos dias após o seu conselho se manifestar para receber a exposição “Queermuseu” – cancelada após boicotes nas redes sociais contra o Banco Santander, que abrigou e financiou a exposição em Porto Alegre-RS – e ter sua realização vetada pelo prefeito da cidade, Marcelo Crivella (PRB), cuja Secretária de Cultura, Nilcemar Nogueira, também participa do conselho do museu.

As Organizações Globo, por meio da Fundação Roberto Marinho, receberam da prefeitura um total de R$ 77,8 milhões para efetuar as obras tanto do Museu do Amanhã (R$ 26,7 milhões) quanto do Museu de Arte do Rio – MAR (R$ 51,1 milhões no total, sendo R$ 30 milhões pela reforma do Edifício Príncípe Dom Pedro VI e R$ 21,1 milhões pela Escola do Olhar). Todas as contratações foram feitas sem licitação e a fundação ainda participa dos conselhos dos museus.

O município também patrocinou, desde 2011, a Infoglobo, empresa ligada ao grupo que realiza eventos de gastronomia, educação, moda, música e Carnaval, todos igualmente feitos sem licitação. Somando todos os valores recebidos, as Organizações Globo receberam R$ 147,2 milhões da prefeitura por meio da Fundação Roberto Marinho (R$ 115,1 milhões) e da Infoglobo (R$ 32,1 milhões), sem incluir pagamentos por publicidade. Desde a posse de Crivella como prefeito, nenhum contrato não-publicitário nesta linha foi assinado entre a prefeitura e as Organizações Globo.

5 COMMENTS

  1. Se não tomarmos providências, só eles vão ter direitos,é nós (conservadores pra eles)não vamos poder levar nossos filhos em lugar nenhum!Boicote não é censura!Boicote neles!

  2. Onde tem a pata da Globo, tem problema. A energia nefasta dela tem que ser contida. Mentirosa, tendenciosa, parcial e manipuladora. Observem o massacre que ela fez com os taxistas em função do Uber. Agora o alvo são as empresas de ônibus, que já estão falindo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here