Governador de Tóquio renuncia por viajar de primeira classe e se hospedar em hotéis caros

O governador de Tóquio, Yoichi Masuzoe sofreu um processo de impeachment e acabou renunciando após denúncias de que usou o dinheiro dos pagadores de impostos para beneficiar a si próprio e à sua família.

Em abril, foi revelado que o Masuzoe estava usando o carro oficial para passar o final de semana com a família em uma casa ao sul de Tóquio. Outras denúncias surgiram depois, como gastos excessivos (1,8 milhão de dólares) em viagens oficiais incluindo vôos em primeira classe, suítes em hotéis de luxo, passeios em família e roupas caras.

1 COMENTÁRIO

  1. Dá aproximadamente 7 milhões convertidos pra reais.
    Os politicos do Brasil desviam centenas de vezes este valor e ainda tem fan clube q lhes garante reeleição antes mesmo q comecem a campanha seguinte. :/

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here