Governo cobra IPTU sobre casa de brinquedo e toldo para bicicletas

A sede estatal por mais dinheiro dos pagadores de impostos chegou ao cúmulo do absurdo no Distrito Federal: uma casa de brinquedo e um toldo para bicicletas foram considerados “área construída” e incluídos na cobrança de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). De acordo com o Governo do Distrito Federal (GDF), “tudo o que faz sombra deve ser considerado no IPTU”.

A casinha foi feita por Antônio da Conceição Marques no fim do ano passado. O mecânico viu um modelo semelhante na internet e decidiu juntar caixas de leite e bandejas de ovos, usadas para fazer o telhado. A casinha faz a alegria do filho João Felipe, 5 anos, e dos amigos. “Foram seis meses juntando as caixinhas”, contou Wanda, esposa de Antônio.

Governo cobra IPTU sobre casinha feita de caixas de leite
Governo cobra IPTU sobre casinha feita de caixas de leite

Além da casinha, ela também discorda da cobrança de IPTU sobre um toldo instalado para proteger bicicletas contra a chuva, mas admite nem questionar esse lançamento. “Se não aliviaram a casinha, nem vou me atrever a reclamar do toldo”. A casinha, o toldo e outras pequenas alterações no quintal geraram um adicional de R$ 341,30 em seu IPTU.

Em 2016, o GDF fez um mapeamento de todo território do Distrito Federal com fotos aéreas de alta resolução para identificar imóveis passíveis de pagar mais IPTU. Após a análise, a Secretaria de Fazenda emitiu novos boletos com as áreas “novas” identificadas, gerando um aumento do IPTU que deve chegar a R$ 140 milhões. Em alguns casos, o novo cálculo elevou o valor do imposto em até 109%.

18 COMMENTS

  1. O estocar vento da Dilma fez escola…”cobrar iptu de tudo de faz sombra”…coitados dos barrigudos “árvore de cemitério”…kkkkk
    Seria cômico se não fosse triste.

  2. Exatamente tinha que ser em Brasília.. os principais ladrões do país estão concentrados lá

      • Concordo com vc. Infelizmente parece que boa parte da população não se dá conta de que muitos dos ladrões que lá estão foram escolhidos por ela a despeito de seu passado criminoso conhecido, para citar exemplos gritantes: Collor e Paulo Maluf.

      • Pois é, a maioria que critica os “ladroes de Brasília” foram justamente os eleitos por quem critica. Como alienados eles elegem os piores, dos piores, da escória da ladroagem, os mandam lá para Brasília e passam 04 anos falando mal de Brasília. São alienados como eleitores e como cidadãos.

  3. O absurdo não tem mais fim! Nos sugam de toda maneira, viramos escravos até na mente, já que deixamos tudo isso passar impune.

  4. “Fez sombra, conta-se IPTU”. Ou seja, vão taxar as nuvens que passam sobre sua residência.

  5. “tudo o que faz sombra deve ser considerado no IPTU”

    Então o Distrito Federal vai pagar a si mesmo o imposto referente às áreas das árvores plantadas?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here