Governo Temer recriará conselho de empresários corporativistas inventado por Lula

Em mais uma medida para tentar agradar aqueles mais próximos do poder governamental, a Casa Civil  do governo Temer vai reinaugurar o “Conselhão”, o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, criado por Lula. O plano é firmar parcerias entre governo, empresários e líderes de “organizações sociais”. A pasta discute com integrantes do antigo colegiado, como Jorge Gerdau – criador do Grupo Gerdau, sob investigação na Lava Jato – qual será o novo formato do grupo.

A última versão do grupo incluía o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco (alvo da Operação Zelotes da Polícia Federal na semana passada), Joesley Batista da JBS (denunciado pelo Ministério Público Federal por crime contra o sistema financeiro e que indicou três ministros para o atual governo), além de sindicalistas e até mesmo o ator Wagner Moura.

A decisão faz lembrar a máxima: “Quando o governo se reúne com empresas amigas do poder, pode estar certo: você está prestes a ser roubado.”

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

3 COMENTÁRIOS

  1. O tema vale um belo debate, pois achar que a ideia da presença de empresários junto ao governo é de toda ruim, está mais próximo de instituto socialista (PSOL, PSTU) do que para instituto liberal. O governo adotar medidas empresariais como a definição de preços de mercado para a Petrobrás, é apenas um simples exemplo do lado positivo. Ainda sugiro um estudo quanto ao caso da Gerdau, esta empresa está sob investigação na Operação Zelotes e não na Lava-Jato, temas totalmente opostos. Vale outro cuidado, afinal quem tem tendência a distorcer fatos e colocar todos no mesmo barco são os comunistas sem argumentos.

    • Liberais defendem livre concorrência sem interferência estatal, não um punhado de empresários corporativistas aliados ao governo.

  2. Uma pena!
    Tinha tanta esperança do Temer alavancar o liberalismo e o capitalismo de mercado…
    Quanto mais o tempo passa, mais se demonsra o populismo ‘empresarial’ dele!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here