Homem é preso por ajudar a quebrar o cartel de venda de drogas

Um homem de 52 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (16) suspeito de plantar ao menos cem pés de maconha na casa dele, no Gama, e vender pela web sementes da planta para todo o Brasil. Ele desenvolveu ao longo de seis anos um sistema de plantio considerado “sofisticado”.  Ao vender essas sementes de maconha para quem quer cultivar para consumo próprio, os traficantes perdem consumidores e tem queda na receita. O mercado de maconha no Brasil gera uma receita bilionária para os criminosos, que usam o dinheiro para comprar armamento pesado e dominar periferias de grandes cidades.

Na delegacia, o homem não negou que plantava maconha e vendia as sementes, mas afirmou que não vendia para adolescentes. “Eu só não ajudava menores de idade. De resto, mandei para o Brasil inteiro para pessoas que não queriam comprar e queriam cultivar”, explicou. “Eu não sou bandido, nem traficante, sou um profissional”, afirmou.

“Não escondo que uso, mas uso por motivos medicinais. Sou viciado em cannabis sim, porque ela me acalma, me deixa tranquilo. Tem 30 anos que eu uso. Depois que comecei a cultivar, minha vida mudou muito. Não tive mais envolvimento de dar dinheiro para o tráfico, minha qualidade de vida mudou. Pena que é ilegal. Agora vou envelhecer na cadeia. A lei é a lei, mesmo sendo injusta. A polícia está fazendo o trabalho dela”, afirmou, entre lágrimas.

maconha2
Pés de maconha encontrados pela Polícia Civil do Distrito Federal em casa no Gama (Foto: Polícia Civil/Divulgação)
Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here