Ingressos das Olimpíadas encalham e ministro comunista quer usar o seu dinheiro para comprá-los

Se depender da população brasileira e do turistas, os Jogos Olímpicos ficarão vazios. De acordo com o comitê organizador “Rio-2016”, faltando menos de quatro meses para o início dos jogos, pouco mais de 50% do total de ingressos para as Olimpíadas e 10% dos ingressos para as Paraolimpíadas foram vendidos.

Preocupado, o novo Ministro interino do Esporte, o comunista Ricardo Leyser (PC do B / SP) – que assumiu o cargo após o partido do ministro anterior (PRB) deixar a base de apoio do governo Dilma – já fala em utilizar o dinheiro dos pagadores de impostos para comprar os ingressos sobrando, especialmente os das Paraolimpíadas, e distribuir em escolas estatais. Em outras palavras: usar o dinheiro de milhões tomado de milhões de brasileiros, a ampla maioria pobres, para comprar ingressos de jogos esportivos a uma fração dos estudantes do Rio de Janeiro.

Os custos dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro já chegam a R$ 39,1 bilhões. De acordo com a Autoridade Pública Olímpica, 60% desses recursos virão da iniciativa privada.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here