Iniciativa privada e segurança pública: Waze avisa sobre perigos na cidade do RJ

Disponível em 185 países, em 42 idiomas para mais de 50 milhões de usuários, a Google lança hoje uma nova versão do aplicativo de navegação Waze, com o “alerta de área com risco de crime”.

Esta é uma atualização discutida há 3 anos, mas que começou a ser desenvolvida no ano passado. Com base nas informações fornecidas pela empresa de marketing digital Facemidia (criadora do perfil de mídias digitais Lei Seca RJ, com mais de 5 milhões de seguidores) e pelo Disque-Denúncia, é necessário baixar a nova versão do aplicativo para ter acesso ao recursos de aviso visual e sonoro.

Áreas com forte atuação de milícias e crime organizado, como Rocinha, Complexo do Alemão, Maré, Chapadão e Cajueiro, estão entre as mapeadas pelo aplicativo, baseando-se em informações conhecidas e fornecidas pelo Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro.

As iniciativas de instituições privadas e a tecnologia, mais uma vez, oferecem propostas concretas de soluções para problemas que o estado nunca terá condições de resolver, talvez por conivência ou incompetência.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here