Lei obriga piscinas olímpicas, onde estarão os melhores nadadores do mundo, a ter salva-vidas

Em mais uma amostra da estupidez criada por leis estatais, a lei estadual 3728/2011, que torna obrigatória a presença de um salva-vidas em todas as piscinas do Rio de Janeiro – sim, todas, incluindo as de condomínios, caso tenham mais de 36 metros quadrados – fará com que as piscinas das Olimpíadas, onde estarão os melhores nadadores do mundo, também tenham um salva-vidas.

Foram contratados como salva-vidas das piscinas olímpicas 78 pessoas, cada uma ganhando R$ 1.500,00 por mês, para cumprir a “genial” lei criada pelo deputado estadual Sivuca, do PSC. Até o momento – os treinos para as Olimpíadas já acontecem no local desde o dia 27 – nenhum deles teve que trabalhar.

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

24 COMENTÁRIOS

  1. A quantidade de gente defendendo a lei ja mostra o nivel de imbecilidade coletiva q o paternalismo brasileiro ja gerou.

  2. Cara discordo do post. Fui nadador, arbitro oficial da FAP de natacao e ja fiz o curso de guarda vidas, nadar rapido nao significa resgate eficiente. Piscinas olimpicas possuem mais de 2 metros de profundidade. Fazer um reboque (guarda vidas) exige tecnica e preparo. Cotando um pouco da minha experiencia. Arbitrando um campeonato brasileiro de natacao uma atleta desmaiou durante a prova de 200 metros borboleta, poucas pessoas perceberam. Quem pulou na agua foi o pai da atleta. Outra vez em um campeonato regional, uma atleta saiu hipoglicemica, quem fez o primeiro atendimento foi um socorrista. Minha opniao, com vidas todo cuidado é pouco.

  3. A questão das Olímpiadas é o chamariz da notícia. Está claro que o problema é a interferência nos condomínios. Vale para escolas de natação? Residências?

  4. O título da matéria, “Lei obriga piscinas olímpicas, onde estarão os melhores nadadores do mundo, a ter salva-vidas” sugere um absurdo onde ele não existe. Atletas estão atuando no limite da sua capacidade física, e predispostos a emergências como arritmias e paradas cardíacas, convulsões, traumatismos cranianos e, mais especificamente no caso de nadadores, edema agudo de pulmão.

    A piscina olímpica tem 1.250 metros quadrados e 2 metros de profundidade, salvamento aquático é difícil e nessas situações segundos podem ser a diferença entre a vida e a morte. Assim, presença de salva vidas dedicado à piscina olímpica faz muito mais sentido do que manter uma equipe de socorristas que sejam nadadores e de roupa de banho ao lado da piscina.

    Quanto a condomínios e outras piscinas a discussão deve ser diferente, mas nesse caso específico a presença de salva vidas deve ser obrigatória.

  5. Isto é um bando de esquerdopata tentando achar justificativa para este absurdo vão carpir uma lavoura

  6. Também discordo. É uma questão de segurança.
    Esse povo parece oposição política, critica por criticar sem nem pensar se a proposta é válida ou não.

  7. Sem contar que está gerando empregos (pago com dinheiro privado se é isso que te incomoda). Ah jovem, da um tempo né, sério.

    • Então vamos colocar a galera pra furar túneis com colheres, vai gerar empregos pra caramba. Ô mentalidade brasileira…

  8. Prezado Marcelo Faria,
    Estupidez é a sua ao chamar de estúpida uma Lei que, claramente, não foi feita pras piscinas onde os melhores nadadores do mundo estarão, mas sim praquelas onde seu filho estará pulando da borda mesmo que isso não seja permitido, pois ele é mimado por um pai que se acha super inteligente.

    • Não tenho filho, mas se tivesse, quem teria que cuidar dele seria eu, não o estado. Não preciso de estado-babá para nada, ao contrário de você.

  9. A lei é extremamente coerente, mal súbito pode acontecer com qualquer um. Os atletas não estão preparados para retirar qualquer pessoa de dentro dágua. Existe um procedimento para tal, e em algumas outras Olimpíadas tiveram salva vidas sim! E os salva vidas não estão só no local de competição da natação não.. existem outras piscinas no Rio que estão sendo utilizadas, existem outros esportes aquáticos que podem ocorrer situações em que o salva vidas será exigido! Vamos parar de procurar problemas no evento que está movendo planeta e vamos olha-los com bons olhos!

  10. Discordo com vocês dessa vez. Mesmo o melhor nadador do mundo pode ter um mal súbito e os outros nadadores não saberiam como atuar no resgate. Nadar bem é diferente de ter que fazer uma massagem cardíaca ou dar os primeiros socorros.

    • Eu entendo o que vc quis dizer, mas já existe a equipe médica obrigatória em grandes eventos, o salva vidas só estariam ali para retirar o cara da água, nada que 10 nadadores profissionais não fariam em alguns segundos

      • Nadar sozinho é diferente de nadar carregando uma pessoa. Outra coisa que vale salientar é que é mais facil vc notar que alguem está em apuros observando de fora da piscina do q quando vc ta disputando uma medalha nas olimpíadas na piscina.

        • Amigo, você ja entrou alguma vez nessa sua vida virtual numa piscina olímpica??? Voce sabe pra que serve a raia??? Reduza-se a sua insignificância.

        • Pqp é incrível a tamanha estupidez dos caras em querer defender essa lei idiota.

          Porra, tem milhares de testemunhas ali, tu acha que precisa mesmo de um salva vidas pra saber quando um nanador que faz 50 metros em poucos segundos esta tendo um mal subito????

          Porra parem de passar vergonha na internet.

    • Concordo! Além do mais, se um maluco pula na piscina e os atletas resolvem não ir e o kra morre lá…

    • Bom, e cadê um segundo salva vidas pra salvar o primeiro caso ele se afogue também? E precisaríamos de um terceiro, um quarto, um quinto, e assim sucessivamente.

    • Para resgatar o nadador inconsistente, um outro nadador olímpico é muito mais qualificado, que qualquer outro, já para lidar com os primeiros socorros existem sorroristas e ambulancias presentes em todos os eventos das olimpíadas, portanto sabemos que um atleta seria melhor salvavidas para resgatar alguém submerso e este não precisaria saber primeiros socorros (mesmo tendo certeza de que um nadador olímpico sabe o básico teno em vista que nadar e picinas são sua vida).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here