Cuba libera investimentos privados para pequenos e médios negócios

Cuba está cada vez mais liberal. Documentos publicados nesta terça-feira mostram o acréscimo de micro, pequenas e médios negócios ao plano de desenvolvimento social e econômico na ilha. A medida favorece a entrada de investimentos privados num dos últimos países comunistas em todo o mundo.

Antes só era permitido empreendimento privado através de trabalhadores “autoempregados”, e isso já era uma grande evolução porque no início da revolução socialista não era permitido nem mesmo prestar serviços de cabeleireiro ou de táxi.  Agora, segundo a norma, será permitido empresas privadas de até médio porte e pequenos negócios por um trabalhador e sua família.

A liberação de pequenos negócios em Cuba já não é uma novidade porque muitos negócios na ilha já são privados, porém ilegais. A medida apenas pode estimular investimentos privados sem correr o risco de expropriação pelo estado cubano. Como a ilha recentemente voltou a se relacionar economicamente com os EUA, os pequenos negócios legalizados podem atrair investimentos privados de investidores americanos.

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here