Limite de consumo na banda larga fixa é benéfico, segundo Anatel

Algumas operadoras parecem estar dispostas a voltar a limitar a franquia mensal de dados dos consumidores de internet fixa – como ocorre com planos móveis – e, se os consumidores provavelmente não vão gostar muito disso, pelo menos a Anatel é a favor da medida. O superintendente de competição da agência, Carlos Baigorri, explicou ao Convergência Digital que acredita que o limite de franquia de dados pode ser benéfico para parte dos consumidores.

Para definir o limite da franquia oferecido em seus planos, as operadoras usam estatísticas revistas periodicamente para determinar um “perfil de usuário médio”. Mas são poucos os que estouram o limite – para a maioria dos usuários, o que é oferecido pela operadora acaba sendo mais do que o suficiente para o mês.

“NÃO EXISTE UM ÚNICO CONSUMIDOR, ENTÃO PARA QUEM ESTÁ ABAIXO DA MÉDIA, CONSOME MENOS, O LIMITE É MELHOR. E PIOR PARA QUEM CONSOME MUITO”

Como exatamente pode ser melhor Baigorri não explicou.

A questão do limite de franquia voltou a ser discutido depois da Vivo começar, na semana passada, a oferecer novos contratos a clientes de banda larga fixa com limite de franquia de dados – os planos mais baratos terão consumo de 10 GB mensais, enquanto os mais premium terão 130 GB. A operadora diz que a cobrança adicional só começará a ser feita no ano que vem.

A Anatel é a agência do governo que controla o setor de telecomunicações. Ao invés de permitir que o próprio consumidor defina o que é melhor para ele mesmo, o governo através de burocratas, define as regras por ele. Apenas um pouco mais de 5 empresas podem operar com autorização da Anatel no Brasil no setor de telefonia, isto é, o livre mercado de serviços de internet e telefonia são limitados, e os consumidores reféns de decisões de um número bem pequeno de empresas.

Com informações de Gizmodo

Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

3 COMENTÁRIOS

  1. Ué! Anatel não fará nada exatamente como querem vocês, liberais de apartamento.

    Se acordo com vocês mesmos: Não gostou? Abre uma operadora de internet, vai lá e faz melhor.

    Reclamar disso mostra o quão cômicos vocês são: Livre mercado pros outros; pra mim, que o governo ajude.

    Tsc, tsc…

    • É justamente a Anatel que impede que novas operadoras de internet apareçam. Ela é o problema, mas você é burro demais para entender isso.

  2. Péssima notícia. Aqui no Brasil a gente só serve pra pagar contas e trabalhar como escravo.
    Não ouse usar o termo “livre mercado” para um cartel de 5 empresas que são autorizadas por uma única entidade. Isso não é livre mercado, isso é monopólio estatal dos piores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here