Linhas da falida CPTM podem ser “privatizadas” por Geraldo Alckmin

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, negocia “privatizar” as Linha 8 -Diamante e 9 – Esmeralda da CPTM. As duas linhas juntas transportam 1 milhão de pessoas por dia e sāo as mais movimentadas de Sāo Paulo.

Integrantes da gestão já deram indicações favoráveis à ideia de fazer uma PPP (Parceria Público Privada), o mesmo modelo da Linha 4 – Amarela do metrô, onde o estado delega a gestão das linhas por um determinado período de tempo (normalmente, 30 anos).

Mesmo com a grande movimentação de pessoas nas linhas, comercialização do espaços publicitários e comerciais, a CPTM continua dependente do estado. Somente em 2015, a empresta estatal teve que receber R$ 1 bilhão de reais dos dinheiro dos pagadores de impostos, um aumento de 18% em relação a 2014.

Quem ganha com a possível “privatização” é a população de São Paulo, pois terá linhas mais modernas com novas estações. Esperamos somente que ela também deixe de pagar os custos da CPTM com as linhas a serem “privatizadas”.

3 COMENTÁRIOS

  1. O grande problema das PPP’s paulistas está no modelo adotado onde a sociedade paga o investimento é o ente privado se beneficia do lucro. O modelo ideal é o qual o ente privado assume integralmente os riscos do investimento, tendo após isso seu justo retorno financeiro. Não é isso que ocorre na linha 4, por exemplo. A Via 4, concessionária da linha, recebe inclusive a diferença de compensação de demanda pelas estações de todo o trecho não estarem concluídas ou seja, não tem nenhum risco em seu parco investimento, já que 73% da linha o Estado se obrigou a implantar, restando à concessionária a compra de itens e sinalização.

  2. A privatização pode ajudar a acelerar os avanços que o sistema teve nos últimos 20 anos. A CPTM quando foi assumida pelo Governo de SP do Governo Federal era uma verdadeira sucata. Os trens enferrujados, andavam de portas abertas, janelas quebradas, furos no piso, etc. Nesses anos estações foram reformadas e outras novas foram feitas, trens novos, o sistema está sendo modernizado. A CPTM se integrou gratuitamente com o Metrô e número de passageiros se multiplicou. Avançou muito, mas precisa mais.

  3. As PPP`s dão quase sempre resultados negativos, pelo simples fato de que lá está a mão estatal.
    Seria melhor simplesmente privatizar com contratos bem elaborados e o estado unicamente cobrar seus impostos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here