Maduro cria “horário de verão” durante o outono para economizar energia

Após transformar todas as sextas-feiras em feriados, pedir que as mulheres parem de usar secadores de cabelo e criar um novo ministério para resolver o socialismo, Maduro tomou mais uma medida para tentar evitar um completo apagão elétrico da Venezuela: criar um “horário de verão” durante o outono. A medida foi anunciada na última quinta-feira e passará a valer a partir de 1° de maio. Ainda não foi definido em quantas horas serão adiantados os relógios – a diferença atual da Venezuela para o Horário de Brasília é de 1h30.

As dezoito hidrelétricas do país estão em nível crítico, com o reservatório da principal delas, a usina de El Guri, estando apenas 3,66 metros acima do volume morto. Mesmo tendo as maiores reservas de petróleo do mundo (o “ouro negro”), a Venezuela não investiu em seu parque elétrico – totalmente controlado pelo estado socialista – nos últimos seis anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here