Maior página de esquerda do Facebook admite fracasso do socialismo na Venezuela

A maior página de esquerda do Facebook, a Quebrando o Tabu, que tem alcance maior que Veja, Folha de São Paulo e Estadão juntos, com envolvimento semanal de 2,9 milhões de pessoas, resolveu admitir hoje o fracasso do regime socialista na Venezuela. A página postou uma imagem de milhares de venezuelanos indo até a fronteira da Colômbia para comprar comida.

13775848_643229512508550_5944837654241145475_n
Post da página Quebrando o Tabu

O dono da página Quebrando o Tabu já tirou foto com Lula e tem apoio de esquerdistas como Jean Wyllys e Gregório duvivier.  Tanto Lula do PT, quanto o PSOL, partido de Jean Wyllys e  Duvivier, apoiaram diretamente o governo socialista de Nícolas Maduro.

Dono da página Quebrando o Tabu com Lula e Jean Wyllys
Dono da página Quebrando o Tabu com Lula e Jean Wyllys
Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

7 COMENTÁRIOS

  1. Jean Willys disse que iria embora do Brasil, estamos ansiosos, e te indicamos um destino a Venezuela. São desinformados ou fingem. O comunismo e socialismo fracassaram no mundo, e não faltam exemplos. Parecem aventureiros brincando de administradores públicos, e brincando com a vida das pessoas.

  2. Esse cara sa foto é o Fábio capile
    Do fora do eixo
    O do quebrando o tabu é um playboy carioca
    O pai dele é amigo do FHC

    Ces não viram o filme?
    O debate?
    Ai complica
    Informação errada ai ein?

  3. Há que perguntarmos: será que o Brasil está a trilhar o mesmo destino que a Venezuela?
    Nós no Brasil não temos uma oposição organizada, não temos líderes liberais ou conservadores, não temos candidato que represente os liberais e os conservadores deste país. Os nossos políticos da direita são politicamente inofensivos, ineficazes e inoperantes.
    Na Venezuela existe uma gigantesca oposição de direita regularizada e guiada por líderes fortes e carismáticos, os quais venceram as últimas eleições legislativas com uma maioria absoluta de dois terços. E isso está exterminando a esquerda venezuelana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here