Mensagens de Trump vazam e mostram sua proximidade com a esquerda americana

O site Gawker recebeu na última quinta-feira um e-mail anônimo com um anexo contendo mensagens de voz da caixa de mensagens de Donald Trump, a qual teria sido hackeada. As mensagens incluem contatos de artistas, jornalistas, conselheiros de campanha e personalidades da mídia, todos de esquerda, revelando laços estreitos e até mesmo afetuosos com aqueles que Trump diz abominar.

Em umas das mensagens, a âncora da MSNBC, Tamron Hall, confirma que irá usar o desconto de proprietário de Trump na Gucci da Quinta Avenida, em Manhattan, e dá a entender que Trump torcia contra o republicano Mitt Romney em 2012. Outro que aparece nas gravações é o Chefe de Estratégia do governo Barack Obama, David Axelroad, para quem Trump efetuou doações por meio de uma ONG.

Com a divulgação das mensagens, fica cada vez mais difícil acreditar que Trump seja um anti-democrata – e aos poucos os republicanos vão percebendo isso. Não por acaso, Ted Cruz está a 84 delegados de distância de Trump e, somado com os 151 delegados de Rubio (ambos do Tea Party), ultrapassariam Trump em 67 delegados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here