Mercadinho cria prateleira com alimentos para quem passa fome

No Brasil são desperdiçados 41 mil toneladas de alimentos por ano. Diariamente, desperdiçamos alimentos que poderiam alimentar pessoas que passam fome. Um casal de Petrolina – PE, entretanto, resolveu agir para mudar essa situação no bairro onde moram.

Maíra Mousinho e Jackson Moura, proprietários de um mercadinho no bairro de Vila Mocó, decidiram doar os alimentos que ficam parados nas prateleiras para os mais necessitados. Por meio de uma prateleira especial na entrada do estabelecimento são disponibilizados arroz, feijão, frutas, pão, legumes e verduras para pessoas carentes. “Você está com fome? Pode pegar. Mas pegue apenas o necessário para você, pois tem mais pessoas com fome”, informa uma placa colocada acima da prateleira – e que tem sido respeitada por aqueles que usufruem dos produtos da prateleira.

mercado-2

A iniciativa não apenas deu certo, como atraiu novos colaboradores. Alguns clientes do mercadinho passaram a trazer eles próprios alimentos para manter a estante sempre cheia, reduzindo o desperdício de alimentos na região enquanto alimentam os necessitados. “Nossos clientes estão apoiando a gente, querendo trazer produtos para agregar junto com os nossos. Está envolvendo tudo mundo. O importante é que pessoas deixem de passar fome”, disse Jackson.

“Espero que aqui seja uma sementinha e que as pessoas tenham como exemplo. A gente que tem mercado tem muita coisa que vai se perdendo e, antes que se percam estes alimentos a gente podia dar. Não vai nos fazer falta, pelo contrário, vai alimentar pessoas que realmente precisam”, disse Maíra.

mercado-pao.jpg

Sempre que podem, Maria de Lourdes e Jairo Silva pegam alguma coisa da prateleira. O casal de idosos ganha a vida recolhendo recicláveis pela cidade. “Tem hora que a gente não tem dinheiro para comprar pão. Então achando um filho de Deus que dê, agradeço por tudo o que Deus manda e que seja bem vindo”, agradeceu.

É a iniciativa privada mostrando como o voluntarismo pode ajudar os mais pobres.

mercado-3

Vaquinha O ILISP tem atuado contra a legalização do aborto e em defesa do direito à vida no STF. Para custear a causa, lançamos uma vaquinha. Os interessados em nos ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

2 COMENTÁRIOS

  1. Inacreditável que num País como o Brasil, em que tudo que se planta dá, uma fartura enorme de peixes, avicultura e pecuária de qualidades superiores em quase todo as esferas, que existam pessoas ainda passando fome. Tem algo errado nisso, não tem explicação.

    • Infelizmente o engessamento e a burocracia Brasileira forçam uma cadeia de distribuição de alimentos muito ineficiente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here