Mesmo com desemprego em alta, prefeitura de Valencia gasta com semáforos “não-machistas”

A cidade de Valencia, na Espanha, enfrenta um grave problema desde o estouro da crise econômica gerada pelo estado espanhol: um alto nível de desemprego. Fontes oficiais informam que 21% da população da cidade está desempregada, sendo que entre os jovens essa taxa sobe para 45% – sim, praticamente metade dos jovens estão desempregados.

Mesmo assim, a prefeitura da cidade – controlada por Joan Ribó, do Compromís, partido aliado do Podemos, o PSOL espanhol – resolveu gastar o dinheiro dos pagadores de impostos (incluindo, obviamente, o dinheiro da massa de desempregados) com a instalação de semáforos “não-machistas”. A prefeitura pretende iniciar com a instalação de 20 semáforos “paritários”, apresentando tanto o símbolo tradicional (teoricamente de um “homem”) como o de uma “mulher” (com uma saia), com novos semáforos similares a serem instalados nos próximos meses.

A iniciativa enfrenta críticas tanto da oposição – que classifica a ação como uma “distração” para evitar temas mais importantes, como o desemprego – quanto de grupos feministas – que criticaram a figura feminina ter sido representada com uma saia. Alguns usuários nas redes sociais ironizaram a novidade, dizendo que agora Valencia valoriza os turistas escoceses.

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas, os mesmos não lutam pela ideologia de igualdade de gênero??? Não existe sexo masculino ou feminino pra pessoas, mas pra um bonequinho digital, sim? Hã????

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here