Mídia ignora hashtag #RouanetNão que atinge top trending no Twitter

Apesar da ampla cobertura da mídia com a hashtag #EleNão, apoiada por muitos artistas como Daniela Mercury e Anitta,  criada para criticar o presidenciável Jair Bolsonaro, não há a mesma repercussão com a hashtag #RouanetNão, criada para criticar os artistas. Mesmo chegando ao top trending no Twitter, parece não ter alguma relevância para grande mídia.

A hashtag #RounetNão é um represália ao movimento anti-bolsonaro na classe artística.

O ILISP pesquisou no Google e apenas o “último segundo” e “antagonista” mencionaram a hashtag.

 

 

 

7 COMMENTS

  1. Isso se chama domínio intelectual. Vota no Bolsonaro que é “insensível” ou quem tem força mental pra divergir dos formadores de opinião

  2. ANITA PERDEU a grande oportunidade ver ficar com a boca fechada!!!!
    Um artista tem que pensar que a via que eles seguem, é sempre de duas mãos.
    Acho que ela só se preocupou com a menor parcela!

  3. “Artista” que se beneficia de algo que é retirado do bolso do povo para gerar algo que vai retirar mais ainda do bolso do povo como “filmes”, “musicais” e “shows” que além de pegarem dinheiro nosso via governo, pegam o dinheiro de quem paga a entrada.
    “Artistas” que ninguém nem sabe mais quem é, como são e porque fizeram sucesso, esbanjam o nosso dinheiro por viés político. #RouanetNão é a melhor e maior cerquilha já realizada na merda do Twitter!

  4. Lei Rouanet deveria ser exclusiva para recuperação de patrimônio histórico tombado, e se sobrasse alguma coisa o resto para museu.

  5. Como músico vi bandas e músicos incríveis que sonhavam com fama, hoje em dia estarem trabalhando em coisas que não gostam justamente por falta de apoio e muitos buscavam na Rounet uma fonte de dar um “UP” na carreira e quando viam era tudo política e coisa para músico famoso. Particularmente não gosto de falar nela (pois há muita briga no meio artístico por causa disso), mas como já disse aqui antes, nunca conheci ninguém que foi ajudado por essa lei.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here