Mídia nacional e internacional voltam a culpar caminhão por atentado terrorista

Mais uma vez a mídia nacional e internacional, amplamente dominadas pela esquerda, tentaram de toda forma tirar a culpa de terroristas – especialmente islâmicos – após um atentado terrorista. A cobertura do atentado terrorista ocorrido em Berlim, Alemanha, ontem (19), voltou a repetir o “jornalismo” feito quando um terrorista islâmico utilizou um caminhão para matar 84 pessoas e ferir outras 100 em Nice, França: a culpa, para a imprensa mundial, foi do caminhão.

Nas manchetes dos principais sites nacionais, o único culpado pelas 12 mortes e mais de 50 pessoas feridas foi um caminhão Decepticon que – sozinho, sem qualquer terrorista islâmico na direção – atropelou a multidão. Confira:

Caminhão invadiu / atingiu / avançou sozinho contra o mercado em Berlim, de acordo com a imprensa nacional

Mesmo publicando o jornal impresso horas depois do ocorrido, a capa da Folha de São Paulo deixou claro: o caminhão é o culpado.

O caminhão Decepticon assassino foi a capa da Folha de hoje (20)

A mídia internacional não ficou atrás da brasileira. Nas manchetes de algumas das principais mídias internacionais, o caminhão Decepticon sequer atacou as pessoas em Berlim, tudo não passou de um mero “acidente de caminhão” (truck crash):

O atentado terrorista virou um mero “acidente de caminhão” na mídia internacional

3 COMENTÁRIOS

  1. Um caminhão atropela pessoas em uma feira de Natal (pros desavisados, uma festa cristã), um paquistanês é preso, o motorista original do caminhão de transporte é encontrado morto dentro do caminhão, os sinais de rastreamento mostram que alguém estava aprendendo a dirigir o caminhão, e sim, foi só um acidente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here