Na França, defensores dos animais fazem abaixo-assinado contra o ‘genocídio’ de ratos

Um abaixo-assinado alcançou 17.400 assinaturas contra a morte de ratos iniciada há duas semanas em nove parques de Paris. A prefeitura da capital francesa criou um plano de ação para matar os animais após um suposto “boom” reprodutivo.

O abaixo assinado, intitulado “Parem o genocídio dos ratos”, é endereçado à prefeita da capital, Anne Hidalgo, que no dia 7 de dezembro ordenou o fechamento durante 15 dias de nove espaços verdes públicos para os trabalhos de extermínio dos animais.

Por meio do site MesOpinions.com, Josette Bencherit criou o abaixo-assinado para condenar esta erradicação motivada por razões visuais e “por medo”. No texto, a psicopedagoga defensora dos direitos animais acusa também um veículo da imprensa francesa de tachar os ratos de “ameaça real” em uma manchete, enquanto no próprio artigo um médico nega que os animais representem algum perigo.

Funcionário mostra um rato morto próximo à Tour Saint-Jacques, em Paris | Foto: Francois Mori/AP
Vaquinha O ILISP comprou o domínio "aborto.com.br" e lançará uma campanha pró-vida, mas isso exige recursos. Os interessados em ajudar podem fazê-lo por meio do botão abaixo:

7 COMENTÁRIOS

  1. Engraçado que a mesma França foi vítima de peste bubônica em meados de 1347… Morreu muita gente…E se espalhou por toda a Europa….Bom do jeito que eles andam não duvido que isso comece de novo!

  2. Se cada um dos ambientalistas que assinou o abaixo-assinado levar 100 ratos pra casa, o problema está resolvido. Teríamos 1.740.000 ratos muito bem alojados e tendo seus “direitos” garantidos.

  3. Existem grupos radicais ambientalistas que defendem abertamente a extinção da humanidade para o bem dos animais.
    O extremismo ambientalista se tornará um dos grandes irracionalismos a serem combatidos no futuro.

  4. Quando eu vi a alt-right chamando a França de um poço de degeneração e paraíso de cornos eu não acreditei, agora no entanto…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here