Obama aproveita a iniciativa privada cubana para jantar caviar e trazer mais capitalismo à ilha

Enquanto a esquerda brasileira comemora a ida de Obama à Cuba com a hashtag #VaiPraCuba – como se ele o presidente americano estivesse na ilha para aproveitar as “maravilhas” do socialismo cubano – o presidente americano está abrindo o gigantesco mercado de produtos capitalistas americanos para o consumo dos cubanos.

O atual ditador Raul Castro tem sido menos estatista que Fidel Castro e já adotou dezenas de medidas para liberar um pouco a economia cubana. Uma delas foi permitir a existência de negócios privados como os restaurantes (“paladares”). Foi em um desses restaurantes privados que Obama jantou caviar (alimento de luxo que quase nenhum cubano – ou brasileiro – pode comprar). O presidente americano tem aproveitado muito os poucos negócios privados de Cuba enquanto negocia a vinda da iniciativa privada capitalista ianque para a ilha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here